PVC revela conversa com STJD sobre anulação de jogo do Palmeiras; veja

Palmeiras
Reprodução/Fox Sports

Após o Fluminense solicitar a anulação do Fla-Flu, foi a vez de o Figueirense entrar no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) pedindo a anulação da partida contra o Palmeiras, no último domingo, também pelo Campeonato Brasileiro. O clube catarinense entende que há provas que mostram o quão foi prejudicado pelos erros do trio de arbitragem e agora cabe ao presidente do STJD, Ronaldo Piacente, analisar o pedido e decidir se o caso será julgado.

LEIA TAMBÉM:
Copa do Brasil: veja a provável escalação do Palmeiras para jogo contra o Grêmio

Palmeiras pode ser campeão brasileiro antes mesmo de STJD julgar Fla-Flu; veja como
Juca Kfouri crava Palmeiras campeão brasileiro de forma legítima: “corto meu braço se não for”
Brasileirão: Palmeiras tem que renda maior que Gre-Nal, Galo x Cruzeiro e trio do RJ

O jornalista Paulo Vinicius Coelho, o PVC, conversou rapidamente com Piacente antes do embarque do presidente ao Rio de Janeiro. Ele deve dar seu parecer até o final da tarde desta quarta-feira, mas negou que a reclamação do Figueirense seja a mesma do Fluminense, aceita pelo STJD. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra”, resumiu.

Piacente ressaltou, todavia, que precisa estudar o caso para saber exatamente o que o Figueirense pede para analisar. Se os catarinenses desejam o cancelamento do jogo (que terminou 2 a 1 para o Palmeiras) por causa do lateral cobrado por Dudu que teria quicado fora de campo, a tendência é que o recurso não dê em nada, porque se trata de um erro do trio.

Figueirense quer anulação de jogo contra o Palmeiras por causa de erros da arbitragem. Foto: Luiz Henrique/Divulgação
Figueirense quer anulação de jogo contra o Palmeiras por causa de erros da arbitragem. Foto: Luiz Henrique/Divulgação

“Se o STJD aceitar levar a julgamento um caso de erro de arbitragem, todos os jogos do Brasileirão teriam de ser decididos no tribunal. Em vez de goleiros, laterais direitos, zagueiros, laterais esquerdos, meio-campistas e atacantes, os clubes do país teriam de contratar times inteiros de advogados”, ironizou PVC.

A diferença para o caso Fla-Flu é que o STJD aceitou a denúncia por questão de interferência externa em auxílio da arbitragem. O “Esporte Espetacular”, da TV Globo, mostrou uma leitura labial do inspetor do clássico, disputado na quinta-feira passada, em que avisa o juiz Sandro Meira Ricci de que a TV tinha confirmado o impedimento do zagueiro Henrique, do Fluminense.

Como se sabe, a Fifa ainda proíbe qualquer ajuda de equipamentos eletrônicos ao trio de arbitragem em jogos de futebol.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.