Projeto Libertadores: Corinthians tem sete rodadas no Brasileirão para salvar a temporada

Corinthians
Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Após eliminações no Paulistão e na Copa Libertadores, ambas no primeiro semestre, o Corinthians amargou na noite da última quarta-feira a queda nas quartas de final da Copa do Brasil, após derrota para o Cruzeiro (4 a 2), no Mineirão. A equipe precisa reagir o mais rápido possível, corrigir os erros e voltar a focar na disputa do Brasileirão.

LEIA MAIS;
Opinião: 5 razões para a eliminação do Corinthians para o Cruzeiro 
Fagner se irrita com arbitragem e detona: “A gente ia bater lateral e não tinha bola” 

O Timão já entra em campo neste domingo, contra o Flamengo, no Maracanã. Um bom resultado será importante para mantê-lo com chances reais de classificação à Copa Libertadores. Restam apenas sete rodadas para o fim do Brasileirão e se a competição terminasse hoje, o alvinegro não conseguiria vaga ao torneio sul-americano mais desejado pelos brasileiros. Ficar fora da Libertadores será um desastre no Parque São Jorge, principalmente em termos financeiros já que o clube ficaria sem importante fonte de receita de bilheteria.

Hoje, o Corinthians ocupa a sétima colocação, com 48 pontos ganhos, mesmo número do Atlético-PR, o último da zona de classificação à Libertadores. Os paranaenses levam a melhor no primeiro critério de desempate: possuem uma vitória a mais.

O site Chance de Gol aponta o Timão aponta com 46,5% de chances de jogar a próxima edição na Libertadores. Já o Infobola é um pouco mais pessimista: 29%.

Pegando como parâmetro as últimas seis edições do Brasileirão, o sexto colocado teve entre 57 pontos e 61 pontos, ou seja, com mais cinco vitórias, o Timão praticamente carimba o passaporte à Libertadores.

Jogos restantes:

Flamengo (fora)

Chapecoense (casa)

São Paulo (fora)

Figueirense (fora)

Internacional (casa)

Atlético-PR (casa)

Cruzeiro (fora)

G-6 nos últimos campeonatos brasileiros:

2015 – Sport (59 pontos)

2014 – Fluminense (61 pontos)

2013 – Goiás (59 pontos)

2012 – Corinthians (57 pontos)

2011 – São Paulo (59 pontos)

2010 – Botafogo (59 pontos)

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)