Doping tira medalha de atleta dos Jogos de Londres-2012

Reprodução/Instagram oficial Apti Aukhadov

Mais um caso de doping nos Jogos Olímpicos resultou em perda de medalha. Apti Aukhadov, russo que havia conquistado a prata nas Olimpíadas de Londres-2012 teve sua medalha cassada pelo Comitê Olímpico Internacional por ter sido pego com esteróides em seu organismo.

LEIA MAIS

USAIN BOLT ANUNCIA DATA DE APOSENTADORIA DO ATLETISMO PARA 2017

MARACANÃ ESTÁ LIBERADO E FLAMENGO JOGARÁ DOMINGO

ANDERSON SILVA SE DESCULPA COM UFC POR CRÍTICAS

SESI-SP E FUNVIC TAUBATÉ COMEÇAM NESTA TERÇA-FEIRA A FINAL DO PAULISTA

Segundo o COI, Aukhadov teve as amostras cedidas naquela época reanalisadas e nelas constavam duas substâncias da lista de proibidas da Agência Mundial Antidopagem (Wada), o turinabol e a drostanolone. Na análise original, não foi detectado o doping do levantador.

O russo havia levado a prata na categoria masculina dos 85kg e, com o anúncio, perderá sua medalha, que ficará com o atleta que havia ficado originalmente no terceiro lugar, o iraniano Kianoush Rostami. O até agora quarto colocado, o egípcio Tarek Yehia, fica com o bronze.

Naquela prova, o ouro ficou com o polonês Adrian Zielinski. Um outro atleta que foi pego em uma nova análise do antidoping de Londres-2012 foi o ucraniano Maksym Mazusk, que perdeu o 18º lugar obtido na prova do salto com vara também por uso constatado de turinabol.

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram oficial Apti Aukhadov)