Opinião: Grêmio precisa mostrar seu lado ‘copeiro’ contra o Palmeiras

Palmeiras
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A história do Grêmio mostra a força do time em competições de mata-mata, o que definiu o clube como “copeiro” ao longo dos anos. Nesta quarta, contra o Palmeiras, o Tricolor precisa fazer jus a este rótulo caso queira avançar às semifinais da Copa do Brasil de 2016.

LEIA MAIS:
Pelé no Sport? Quase! Veja essa e outras curiosidades sobre o futebol nordestino
Conheça o Llanfairpwllgwyngyll F.C., o clube de futebol com o nome mais longo do mundo
CONFIRA COMO FICARAM OS GRUPOS DA COPA DO NORDESTE 2017
Você Sabia? Novo prefeito de São Paulo, João Dória é santista fanático
Eleições 2016: Saiba como foi o desempenho de ex-jogadores e jornalistas esportivos nas urnas

Sem chances de título no Brasileirão, apesar do início promissor na competição, o Grêmio voltou totalmente suas atenções para a Copa do Brasil e enfrenta o Palmeiras, líder da Série A, poupando jogadores na competição de mata-mata.

No jogo de ida, em Porto Alegre, o “Tricolor Imortal” conseguiu se impor perante o adversário alviverde e mostrou a força de sua camisa. E, com apoio de seus torcedores, mostrou-se “copeiro e peleador”. No jogo de volta, a mesma atitude deve ser mostrada pela equipe de Renato Portaluppi, um dos responsáveis pela evolução do time nas últimas partidas, em especial na Copa do Brasil.

Portanto, nesta quarta, no Allianz Parque, a torcida gremista espera a volta do Grêmio “cascudo”, de combate no meio-campo, força na defesa e de contra-golpes fulminantes e de psicológico forte. Este é o desenho que o técnico Renato precisa idealizar para seu time conseguir um triunfo, ou, no mínimo, um empate, para avançar às semifinais.

O Grêmio é tetracampeão da Copa do Brasil e busca o penta neste ano. O último título nacional, de primeiro escalão, conquistado pelo clube, foi a própria Copa do Brasil, em 2001.



Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com