Opinião: Cruzeiro fez sua melhor partida do ano para avançar na Copa do Brasil

Raposa
Crédito da Foto: Juliana Flister / Light Press / Cruzeiro

 O  Cruzeiro do técnico Mano Menezes começou o jogo diante do Corinthians nesta quarta-feira, no Mineirão, pressionado por não fazer gols a duas partidas no Brasileirão e precisando marcar para avançar na Copa do Brasil. O inicio da partida não foi tão bom para o Cruzeiro. Rafinha se machucou aos  quatro minutos e De Arassacaeta entrou. Quem diria que o uruguaio seria o personagem da classificação cruzeirense, por 4 a 2?

Leia mais:

COPA DO BRASIL PODE TER CLÁSSICO NA FINAL PELO TERCEIRO ANO SEGUIDO; VEJA EDIÇÕES ANTERIORES
CRUZEIRO 4 X 2 CORINTHIANS: ASSISTA OS GOLS DA PARTIDA
EXCLUSIVO: FLAMENGO OU PALMEIRAS? MINOTOURO SURPREENDE NA RESPOSTA

 

O jogo  começou a se desenhar depois da entrada de De Arrascaeta. O primeiro gol foi de uma jogada trabalhada por ele. O uruguaio achou Ábila na área para abrir o marcador. No entanto, o Cruzeiro adormeceu logo após o gol e deixou o Corinthians chegar ao empate alguns minutos depois. A primeira etapa terminou com os paulitas melhores nas ações ofensivas.

Depois de quatro partidas sem tomar gols, a defesa do Cruzeiro não foi muito bem nas bolas aéreas defensivas mas compensou com o terceiro gol, que veio da cabeçada de Bruno Rodrigo, “míssil”. O jogador foi muito bem em marcar o gol aos 16 do segundo tempo.

O Cruzeiro engoliu o Corinthians e Arrascaeta deu passe para um gol, sofreu o pênalti, marcou um gol e destruiu o sistema defensivo do time paulista que ainda saiu reclamando da penalidade. Foi a melhor partida do meia uruguaio com a camisa celeste e também do Cruzeiro no ano.

O jogo foi bem aberto e não deixou transparecer as equipes tensas do Brasileirão. Agora a raposa vai enfrentar o Grêmio nas semifinais da Copa do Brasil. Mas antes, tem compromisso nesse fim de semana, pelo Brasileirão. O time precisa somar pontos para fugir de vez do risco de rebaixamento.

Se mantiver a pegada do jogo de quarta certamente o Cruzeiro se livra do rebaixamento e pode beliscar o título no mata-mata.

 



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!