Opinião: Allione eliminou o Palmeiras da Copa do Brasil

César Greco - Fotoarena

O Palmeiras jogou com seu time reserva contra o Grêmio, nesta quarta (19), pela Copa do Brasil, mas, realizou uma bela partida, e vencia por 1 a 0, e estava classificado até aparecer o argentino Allione.

Sem a menor necessidade, o meio campista acertou o gremista Everton, quando o jogo estava 1 a 0 para o Palmeiras, com a partida dominada, e restando apenas 25 minutos para o fim do confronto.

Resultado disso foi sua imediata expulsão, prejudicando o Palmeiras, que recuou, sofreu alterações na equipe, e viu o Grêmio empatar em um lance isolado, do mesmo Everton, o mesmo que fora agredido anteriormente pelo argentino.

Sem forças, e sem o poder ofensivo da primeira etapa, o Palmeiras não conseguiu fazer o gol que levaria o jogo aos pênaltis.

Os torcedores não perdoaram o atleta, e acredito que nem o técnico Cuca, que já não costumava ceder muitas oportunidades para o jovem de 21 anos.

Apesar de contar com uma técnica razoavelmente boa, é inconstante e demonstra não ter o psicológico para aguentar uma partida decisiva, perdendo a cabeça sem o menos motivo.

Apesar de ser um meia armador, e mesmo com pouquíssimas aparições pelo Verdão, Allione soma 3 cartões vermelhos e apenas 7 gols. Sua média demonstra um pouco de sua irregularidade.

Já era especulado para deixar o Palmeiras, que se vá na próxima janela. Jogadores assim tendem a acabar com um projeto em apenas um lance.

Em 2017, o Palmeiras precisa ir ao mercado com urgência para trazer novos meio campistas para o plantel.