Marcelo Oliveira sinaliza retorno de Luan e aguarda quatro reforços para quinta

TV GALO

O Atlético-MG realizou mais um treinamento na tarde desta terça-feira na Cidade do Galo, em Vespasiano, em preparação para o confronto diante do América-MG, na quinta às 19h30 (horário de Brasília), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Para este confronto, o técnico Marcelo Oliveira ganhou mais um problema para escalar a equipe que enfrenta o Coelho.

LEIA MAIS:

PRESIDENTE DO ATLÉTICO REBATE ALENCAR SOBRE AMEAÇAS DE NÃO JOGAR NO HORTO: “PIADA”

Dátolo apresentou uma lesão muscular traumática na região adutora da coxa esquerda e está vetado. Erazo, Carlos e Marcos Rocha seguem entregues ao departamento médico. Vale lembrar que o contrato de Dátolo termina no fim deste ano e ao que tudo indica, seu vínculo com o clube mineiro não será estendido. Além deles, Leandro Donizete, expulso contra o Corinthians, e Lucas Cândido que recebeu o terceiro cartão amarelo, também estão fora.

Por outro lado, Marcelo vive a expectativa se poderá ou não contar com os atletas que estão disputando as Eliminatórias para a Copa do Mundo. Amanhã, Rafael Carioca e Otero chegarão a Belo Horizonte. Já no início da madrugada, Lucas Pratto e Cazares desembarcam na capital mineira. No entanto, todos passarão por avaliações para saber se terão de fato condições de entrar em campo.

“Vale muito a gente ter sabedoria e bom senso para escalar. Os jogadores estão desgastados e, felizmente, temos número de opções para fazer um time forte, independentemente de eles entrarem no início ou depois”, disse Marcelo.

Sobre Luan, o treinador também adota cautela em razão do tempo em que o jogador ficou parado. Para o jogo de quinta, ele está fora, porém, deve ser relacionado para o final de semana quando o Galo vai até o Rio enfrentar o Botafogo.

“A gente sempre discute a questão da transição. Uma coisa é o atleta estar em uma transição física. O Luan vem de um longo tempo parado, cirurgia no joelho, lesão grave, depois um longo tempo parado por um problema muscular. Tenho certeza que a comissão ainda não vai aproveitar (no jogo contra o América-MG). É um ritmo completamente diferente. Vai depender de mais trabalhos, mais ritmo para ser aproveitado. Uma coisa é ser liberado para treinar, a outra coisa é intensidade de jogo para estar junto com os demais”, destacou.

“O Luan está disponível para treinar, mas ainda não fez treinos em campo grande e intensos. Ele não está convocado para este jogo (contra o América-MG), mas temos a expectativa para o próximo, no Rio, pelo menos ser relacionado, estar junto com a delegação”, finalizou Marcelo.