Jogadores do Olímpia abandonam partida após polêmica em pênalti para o Boca

Reprodução/Youtube

Um simples amistoso entre Boca Juniors x Olímpia (PAR) acabou em confusão, ou melhor, não acabou. Uma cena inusitada nos campos de futebol aconteceu no estádio 23 de agosto, em Jujuy, Argentina, para contestar uma decisão polêmica do árbitro argentino Fernando Espinoza e os atletas paraguaios se retiraram de campo em sinal de protesto.

LEIA MAIS: BOCA JUNIORS HOMENAGEIA CARLOS BIANCHI COM ESTÁTUA NA BOMBONERA

Julián Benitez abriu o placar para os paraguaios aos cinco minutos de partida. Aos sete, Darío Benedetto empatou para os argentinos que voltaram a ficar atrás no placar no final do primeiro tempo com William Mendieta.

Melhor na partida, o Olímpia vencia por 2×1 até os 43 minutos do segundo tempo, quando o árbitro marcou um pênalti ‘inexitente’ para os xeneizes, quando a bola tocou o peito de um jogador da equipe do Paraguai. Após diversas contestações, Walter Bou pegou a bola e chutou fraco, facilitando a defesa do goleiro Centurión.

A confusão piorou quando o árbitro mandou voltar a penalidade, após o bandeira alegar que o camisa 1 havia se adiantado na cobrança. Na segunda oportunidade, Bou não desperdiçou e empatou a partida.

O jogo já caminhava para o final, mas não chegou ao fim. Em sinal de protesto jogadores do Olímpia aplaudiram o gol do Boca Juniors e se retiraram do gramado antes do apito final.

Veja os gols da partida e o lance do pênalti:

Confira o final polêmico do jogo em Jujuy: