Eliminação do Palmeiras na Copa do Brasil é destaque na imprensa

Crédito da imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Atual campeão, o Palmeiras está fora da Copa do Brasil. O empate com o Grêmio em 1 a 1 no Allianz Parque classificou os gaúchos para semifinal. Veja abaixo como a imprensa analisou o jogo.

LEIA MAIS:
Palmeiras 1 x 1 Grêmio: Assista aos melhores momentos da partida
Gabriel Jesus vive situações inéditas em partida do Palmeiras; entenda
Você viu? Palmeiras e WTorre tiveram nova “rusga” em jogo contra o Grêmio

Jornal Lance (texto de Fellipe Lucena)
Palmeiras deu a impressão de que conseguiria manter vivo o sonho de faturar dois títulos nacionais no mesmo ano, mas acabou prejudicado pela expulsão infantil de Allione. O Grêmio jogou com regulamento embaixo do braço, deixou claro desde o início que empatar não seria má ideia

Rádio Gaúcha (texto de Luis Henrique Benfica)
Na teoria, o time reserva do Palmeiras sugeria menos dificuldades para o Grêmio na partida. Na prática, não foi o que se viu. Ressurgia com força a dificuldade da equipe em lances aéreos, a jogada preferencial do time de Cuca. O andamento do jogo se encarregaria de confirmar isso. Excessivamente recuada, a postura do Grêmio causava alguma preocupação. A expulsão de Allione, por falta dura sobre Everton, representou uma vantagem para o Grêmio. Com maior posse de bola, o Grêmio pecava na falta de objetividade e parava no paredão armado na frente da área do Palmeiras. Até que, a 30 minutos, em novo passe de Douglas, Everton venceu Jaílson com um chute forte. Era a garantia da vaga na semifinal.

Blog do PVC (Paulo Vinícius Coelho, comentarista da Fox Sports)
O Grêmio sofreu no Allianz Parque, foi inferior no primeiro tempo, voltou melhor no segundo e decidiu o confronto com gol de Everton depois da expulsão de Allione – justa (leia na íntegra)

Blog do Juca (Juca Kfouri, comentarista dos canais ESPN e da rádio CBN)
Foram quatro classificações suadas, três delas dramáticas. A do Grêmio também, com seus titulares contra o misto do Palmeiras, porque perdia por 1 a 0 até o Alviverde ficar com 10 jogadores, graças a um carrinho indesculpável de Allione, o que facilitou o empate em 1 a 1 (leia na íntegra)

Antero Greco, colunista do Estadão e comentarista dos canais ESPN
O Palmeiras ficou no dilema entre colocar força máxima e buscar a reação na Copa do Brasil ou preservar energia para manter a caminhada rumo ao título brasileiro. A euforia no estádio murchou aos 19, com a expulsão tola de Allione. O argentino deu carrinho absurdo, quase no meio do campo, e levou vermelho direto. Merecido. A ausência de um jogador, em jogo equilibrado, pesou contra o Palmeiras. E a favor do Grêmio contou a experiência do grupo. Além disso, decidiu ir à frente, forçou, empatou com um belo gol de Everton. Daí em diante, soube controlar o jogo e não se incomodou com a pressão palmeirense, mais na base da raça do que da coordenação. (leia na íntegra)

Thiago Martins abriu o placar para o Palmeiras e Everton marcou o gol da classificação do Grêmio na etapa final. Atlético-MG, Cruzeiro e Internacional também estão garantidos na semifinal da Copa do Brasil e os confrontos serão decididos nesta quinta (20).