Fora da Copa Paulista, Santos B revela atletas para o time principal

Crédito da foto: divulgação /Facebook Santos FC

O Santos B foi eliminado da Copa Paulista ao perder para o Bragantino por 2 a 1, no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo. Em seis jogos na segunda fase do torneio, o time comandado pelo técnico Kleiton Lima alcançou três pontos, conquistados através de uma vitória e cinco derrotas. O treinador creditou a eliminação do campeonato à inexperiência do elenco, em entrevista ao GloboEsporte.com.

LEIA MAIS:

RELEMBRE OS JOGOS MEMORÁVEIS ENTRE SANTOS E GRÊMIO

SANTISTAS POSTAM VÍDEO INFILTRADOS NA TORCIDA DO SÃO PAULO

INTERNACIONAL X SANTOS: CBF DIVULGA TRIO DE ARBITRAGEM

Os adversários jogaram focados na conquista do resultado a qualquer custo, nós não. O time teve dificuldade de imposição física e os adversários exploraram muito bem a experiência e a maturação já vivida na competição. Muitos subestimam a Copa Paulista, sem saber que se trata de um torneio adulto, sem limite de idade. Curiosamente, Santos e São Paulo eram os elencos mais jovens da Copa e ambos estão fora da próxima fase – disse ao GloboEsporte.com.

Apesar da eliminação precoce na competição, Kleiton Lima destaca o futebol apresentado pela equipe e que o motivo principal da existência do time não é ganhar títulos mas, revelar e lapidar jogadores para a equipe principal do peixe. “O mais importante é que a equipe mostrou um grande futebol e atuou dentro das suas características (DNA): com agressividade, leveza e muita atitude ofensiva. Nós entramos no torneio para colocarmos em prática um desenho tático semelhante ao do time A: praticamente sem volante, com laterais ofensivos e três atacantes. O objetivo do Santos B não é conquistar títulos. O nosso trabalho é facilitar a transição dos atletas para o time principal, e isso está sendo feito”, explicou GloboEsporte.com

Kleiton Lima ainda  justificou o sucesso do Santos B no aproveitamento de jogadores como Vítor Bueno, o zagueiro Lucas Veríssimo e volante Fernando Medeiros, que hoje estão no time principal. “Em um ano e meio de vida, o Santos B conseguiu provar o quanto pode ser importante para o clube. O Vitor Bueno é o grande exemplo de que o projeto está sendo bem feito. Além dele, outros jogadores tiveram um período de transição mais rápido, como o zagueiro Lucas Veríssimo e o volante Fernando Medeiros, que hoje integram o elenco principal. Neste semestre, o Matheus Nolasco e o Walterson também tiveram oportunidades. E tudo caminha para que mais jogadores apareçam no time A no início do próximo ano – concluiu ao GloboEsporte.com.

A campanha do Santos B na Copa Paulista foi de 16 jogos, sete vitórias e nove derrotas. O time marcou 22 gols e sofreu 24, através de seis vitórias e quatro derrotas, classificando-se na segunda colocação do grupo 4.

 

 



Jornalista, apaixonado por esportes.