Diego relembra acidente de ex-jogador do Santos: “Foi engatar a ré e saiu de primeira”

Santos
Foto: Divulgação/Santosfc.com.br

Diego foi revelado no Santos e foi maus um dos que fizeram parte dos “Meninos da Vila”, onde ainda venceram o Corinthians na final do Brasileirão, em 2002. Em três anos que passou no Peixe, o meia viveu histórias engraçadas e uma delas ele contou no Resenha ESPN, deste domingo.

Um dos jogadores do Santos na época era o atacante William “Batoré” e Diego contou um mico em que o artilheiro bateu o carro ao tentar engatar a ré.

“(A história) Foi num lava-rápido, o William falou ‘Diego, vamos logo tenho que buscar minha namorada’, ele tava todo apaixonado. Aí atravessamos a rua correndo e entramos no lava-rápido. Ele tinha um pálio na época que tinha banco de couro e não tinha ar-condicionado, então ficou no sol e quando a gente entrou o banco parecia uma frigideira (…) Aí lavaram o carro dele e deixaram encostado perto do muro com a chave. Aí ele ligou o carro, engatou, olhou pra trás e foi. Só que ao invés dele engatar a ré, ele tinha engatado a primeira e foi ‘pow’, bateu o carro no muro. Aí eu olhei para ele, e ele quis disfarçar”, contou Diego, dando risada.

William e Diego jogaram juntos no Santos até a metade de 2004, quando o meia foi vendido para o Porto. No período foram bi-campeões brasileiros pelo Peixe em 2002 e 2004.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.