Chance de Gre-Nal na final da Copa do Brasil agita as redes sociais

Gre-Nal
crédito foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Pela primeira vez na história, uma Copa do Brasil poderá ser decidida em um clássico Gre-Nal. Os dois gigantes do Rio Grande do Sul passaram juntos, nesta quarta-feira, à fase de semifinal do torneio. De um lado, o Inter reverteu a vantagem do Santos e se classificou no Beira-Rio. Do outro, o Grêmio sustentou um importante empate em 1×1 com o Palmeiras e saiu de São Paulo com a vaga.

LEIA MAIS:

Ídolo do Grêmio, Danrlei comenta possível rebaixamento do Inter

O adversário do Inter na semifinal será o Atlético-MG, campeão da edição de 2014 da competição. O Galo teve imensas dificuldades para avançar até a semi, já que perdeu no tempo normal para o Juventude por 1×0 e precisou da estrela do goleiro Victor nos pênaltis para sair vitorioso de Caxias do Sul. O sorteio dos mandos de campo da semifinal será realizado nesta quinta, na CBF, e os jogos já iniciam na próxima quarta-feira.

Do outro lado da chave, o Grêmio se encontrará com o Cruzeiro, de Mano Menezes. Os mineiros haviam perdido o jogo de ida das quartas de final por 2×1 para o Corinthians, em São Paulo, mas demonstraram força e ótimo poder de ataque nesta quarta-feira. Com grande atuação de Ábila e Arrascaeta, a Raposa fez 4×2 e se credenciou a enfrentar o Grêmio.

Nas redes sociais, a possibilidade de um Gre-Nal na final da Copa do Brasil agitou os internautas. Para efeito de curiosidade, as duas últimas finais contaram com clássicos. Em 2014, Atlético-MG e Cruzeiro decidiram, com vantagem para o Galo. No passado, foi a vez do Palmeiras vencer o Santos nos pênaltis.

Em termos de tradição, o Grêmio sai na frente no que diz respeito à Copa do Brasil. Ao lado do Cruzeiro, o tricolor gaúcho é o maior vencedor da história da competição, com quatro conquistas: 1989, 1994, 1997 e 2001. O Inter, por sua vez, venceu o torneio somente em 1992. Confira a expectativa dos torcedores:

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.