Casagrande e Ivan Moré valorizam “Cucabol”: “Se é na Europa, técnico é estrategista”

Reproducao: TV GLOBO

O “Globo Esporte”, edição paulista desta terça-feira trouxe uma reportagem o qual destacava as jogadas do Palmeiras em arremessos de lateral que eram batidos na área adversária por Moisés e que por muitas vezes, acabaram resultando em gols importantes para o Verdão neste Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:

VALDÍVIA ACIONA PALMEIRAS NA JUSTIÇA E COBRA LUVAS NÃO PAGAS PELO EX-CLUBE

MAURO CEZAR SE DEFENDE SOBRE “COMENTÁRIOS TENDENCIOSOS” E REVELA RELAÇÃO COM O PALMEIRAS

VÍDEO: GOLEIRO DO JUVENTUDE DESABAFA APÓS ACESSO: “SE SOBROU FOGUETE, DÁ PRA GENTE USAR EM CAXIAS”

Assim que a matéria chegou ao fim e voltou para os estúdios, o apresentador do programa, Ivan Moré, defendeu o técnico Cuca sobre o uso desta “arma” que tem tirado o sono dos treinadores adversários e argumentou que se este mesmo lance ocorresse na Europa, o mesmo comandante palmeirense, seria valorizado.

“A gente fala: ‘ah, esse jogo é feio, Cucabol, negócio de jogar’. Se é na Europa, o técnico é um baita estrategista, né não?”, disse Ivan.

”Exatamente. E não sai o gol do lateral, vai sair da confusão que ele vai criar. A confusão com aquele negócio que cria é que sobra a bola para os outros. É uma jogada interessante, boa e ótima. Não tem nada de feio isso aí, não”, analisou o comentarista global”, finalizou Casagrande que também valorizou o uso da jogada.