Assim como Gustavo, zagueiro do Corinthians eterniza na pele sua imagem com número da sorte

Crédito da Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians e Twitter do Pedro Henrique

Em entrevista ao site Globoesporte.com, o jovem Pedro Henrique comemorou o retorno ao time titular do Corinthians. Após uma falha gritante no Mineirão, a redenção no jogo contra o Flamengo e uma lesão, o zagueiro de 21 anos volta a atuar com regulares e revela uma tatuagem curiosa.

LEIA MAIS
CORINTHIANS ESPERA JÔ NESTA QUINTA PARA EXAMES E ASSINATURA DO CONTRATO
ROBERTO DE ANDRADE REVELA DETALHES DA CONVERSA QUE SELOU SAÍDA DE TITE DO CORINTHIANS
BRUXARIA? RONALDINHO DÁ INCRÍVEL PASSE COM AS COSTAS EM JOGO BENEFICIENTE

Pedro Henrique revelou na conversa que é fã de tatuagens e a última arte feita no corpo é uma reprodução dele próprio, vestindo a camisa 34. Imagem bem semelhante ao que o atacante Gustavo tatuou na perna.

– Eu gosto bastante de tatuagens. Estava para terminar uma no braço, onde tenho um Cristo e uma santa. Aí liguei para um tatuador, o Johnny, mas não queria terminar o braço, e sim fazer uma nova. Aí surgiu a ideia… Não sendo eu mesmo, mas alguma coisa sobre futebol. Ele mandou a imagem sem o número e o nome, senti que estava faltando algo. Decidi colocar meu número e meu nome.

O número 34 em especifico é considerado da sorte pela joia da base corintiana. Afinal, foi o primeiro número que recebe após ser integrado ao elenco profissional.

– Quando subi, o Alessandro me chamou na sala e disse que meu número seria esse. Os números dos defensores estavam todos ocupados. Como estreei com esse número, gostei e levo como um número da sorte. Decidi tatuar por isso. E espero fazer mais.

Pedro Henrique entra em campo, na noite desta quarta-feira (19), com a camisa do Corinthians na batalha por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro. Com a vitória por 2 a 1 no primeiro jogo, o Timão pode empatar em qualquer resultado que garantirá a vaga.

Veja o tuite do jogador comemorando a tatuagem:



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.