Arqueiros do Verdão conquistam medalhas na Taça São Paulo

Créditos da foto: João Frederico e Rafael Marcos

O Palmeiras/Raycon disputou neste fim de semana a Taça São Paulo 2016, na Vila Olímpica Mario Covas, e conquistou duas medalhas de prata e duas de bronze, sendo um dos clubes mais vitoriosos do torneio. A competição serviu ainda aos arqueiros do Verdão na preparação aos Campeonatos Brasileiros Adulto e Paralímpico, que serão realizados em novembro, em Campinas.

No sábado (15), os atletas fizeram a etapa de qualificação, e os seis representantes do Verdão terminaram em boas colocações para encarar a fase eliminatória. Ainda no mesmo dia, o trio palestrino formado por Julio Cesar de Oliveira, Fabio Tassinari e Ivando da Silva disputou os combates por equipes da categoria Composto Open e fizeram bonito.

Os três palmeirenses se ranquearam na segunda colocação, com 1.941 pontos dos 2.160 possíveis, e passaram direto à semifinal. Os alviverdes fizeram um duelo extremamente equilibrado com o Arco e Flecha Bandeirantes, com os três primeiros sets empatados. Na rodada final, vitória adversária por um ponto: 215 a 214. Porém, o Verdão não se abateu e faturou o bronze com propriedade e larga vantagem sobre o Círculo Militar de São Paulo, emplacando 217 a 190.

“Foi bem legal formar a equipe com o Fabio e o Julio. Fomos bem no primeiro combate, mas o adversário também e foi para a final. Em seguida, apesar da fragilidade da outra equipe, novamente tivemos um bom desempenho e ficamos com a medalha”, contou Ivando da Silva.

Os arqueiros do Palmeiras/Raycon mostraram suas qualidades individuais no domingo (16). Com ótimas classificações na classe Composto Open, Julio e Fabio avançaram às quartas de final e não deram chances aos oponentes. Julio derrotou Cesar Kawamura, do Bandeirantes, por 134 a 121, e Fabio passou por André Song, também do mesmo clube, por 134 a 133. No entanto, ambos se encontraram na semifinal, e Julio levou a melhor sobre o companheiro por 141 a 133.

Na grande final, Julio enfrentou Jean Pegolo, também do Bandeirantes. Eles fizeram um embate equilibrado set a set, e o palestrino sagrou-se vice-campeão com o placar de 140 a 138 para o rival. Fabio enfrentou Raphael Milani, do Esperia, na decisão pelo bronze e garantiu a medalha com o triunfo por 140 a 134.

“Toda conquista tem um valor diferente. Quando eu atiro com categorias mais fortes, não paralímpicas, o sentimento de superação fica mais evidente. Como essa competição era uma preparação ao Brasileiro, foi bastante desafiador, e o resultado positivo gera uma nova energia para continuar”, disse Julio. “Foi um torneio bom, tanto no clima para atirar como para esquentar os motores para o Brasileiro. Tive uma participação proveitosa, pois consegui detectar alguns pontos para melhorar e ainda trouxe para casa duas medalhas”, afirmou Fabio.

E as conquistas não pararam por aí, pois o Verdão também honrou o manto com o arco Recurvo. Na disputa de 60 metros de distância do alvo, o palmeirense Décio Valente passou por Giulia Jacob, do Círculo Militar de São Paulo, por 6 a 0. No confronto pelo título, ele enfrentou Sérgio de Souza, da Arqueria Ibirapuera, e sofreu o revés por 6 a 0, garantindo a medalha de prata. “Foi uma prova com padrão de Campeonato Brasileiro, muito disputada, mas com harmonia ao lado de colegas do Palmeiras e dos demais clubes. Ainda tivemos grande ajuda de São Pedro, pois a previsão meteorológica era a pior possível”, avaliou Décio.

Outros dois palmeirenses estiveram presentes na Taça São Paulo. A representante palestrina nos Jogos Olímpicos Rio 2016 Sarah Nikitin disputou apenas a fase de ranking e terminou no primeiro lugar da categoria Recurvo Feminino Adulto, com 577 pontos dos 720 possíveis. Ademar Carlini, que prepara para o Brasileiro Paralímpico, também só participou do qualificatório e ficou no terceiro lugar da categoria Composto Masculino Paralímpico, com 578 tentos. Bronze por equipes, Ivando da Silva teve problemas no domingo e não participou dos combates individuais.

Veja as conquistas do Palmeiras/Raycon na Taça São Paulo de Tiro com Arco 2016:

Composto Open por Equipes
3º lugar – Julio, Fabio e Ivando

Composto Open
2º lugar – Julio Cesar de Oliveira
3º lugar – Fabio Tassinari

Recurvo 60 metros
2º lugar – Décio Valente