Agüero: “Guardiola é um louco do futebol”; entenda

Foto: Facebook oficial do Manchester City

“Um louco do futebol”. Essas foram as palavras de Sergio Agüero para descrever o treinador Pep Guardiola. O motivo para tal declaração foi a recente atitude do técnico da equipe. O treinador cortou a internet por Wifi no clube.

Leia mais:
Premier League: Confira a tabela de classificação após a 7ª rodada

Agüero comentou sobre o episódio.

“Pep é um louco do futebol. Não para. Nos convence que somos jogadores para ir ao ataque. Fala com a gente todo o dia. Agora além de tudo cortou a internet”, disse Agüero.

O atacante argentino tentou entender o que motivou Guardiola a tomar tal decisão.

“Acho que viu dois jogadores entretidos com o telefone, que é uma doença para a gente, e disse: ‘Já está bom, não tem mais wifi’. E já está implicando com o 4G”, explicou o atacante argentino.

Recentemente, uma polêmica surgiu em um jornal na Argentina dizendo que só jogam na seleção argentina “os amigos de Messi”. Agüero discordou dessa declaração, pois se fosse assim, segundo o próprio Agüero, ele não teria ficado no banco de reservas da seleção por tanto tempo.

“Eu sou amigo de Leo, claro. Vários desses caras nos conhecemos há mais de 10 anos. Mas se eu jogasse por ser amigo de Messi não teria sido reserva por cinco anos”, declarou o atacante argentino.

“Na Argentina sempre os que não estão (na seleção) são melhores. Isso aconteceu com Batistuta, Crespo, Saviola”, afirmou Agüero.

Aguero comentou sobre as críticas aos principais jogadores da seleção argentina

“Quando passarem os anos e não estivermos mais, as pessoas vão lembrar os momentos que viveram. Mas a realidade é hoje, e dizem: “Mudem”. Outros pedem o contrário. Mas quando a maioria (dos jogadores) não vier mais, vão lembrar, como nós também nos lembramos de jogadores que passaram por aqui, como Zanetti, Crespo, Saviola, Riquelme ou Tévez. Quando não estivermos mais, vão notar, vão sentir falta de nós na seleção” – disse Agüero.

“O Patón Bauza segue crescendo neste grupo e nós, de nossa parte, temos a esperança de que podemos conquistar algo na seleção argentina. Ainda que me digam que sou um cachorro ou que sou horrível, ninguém me tira a esperança de querer ganhar algo.”- completou Agüero

Agüero comentou a evolução da seleção argentina.

“Veja a Alemanha: esteve muito tempo sem chegar a uma final, sempre terminava nas quartas ou nas semifinais… E aqui é mínimo o respeito de como nos trataram. Lá, não sentem pressão de nada, jogam livremente, e, de tantas vezes que tentaram chegar a uma meta, foram campeões. Eu sinto que aqui estamos vivendo algo parecido, neste processo. Chegamos a uma final, a outra… Com esta experiência, se vai escalando um pouco mais. O argentino quer ganhar, obviamente, e agora estamos pensando em nos classificar. Tentaremos fazê-lo da melhor maneira”- afirmou Agüero.

O atacante argentino disse sobre a situação dos jogadores da seleção após a segunda eliminação seguida para o Chile na Copa América 2016.

“Me lembro desta noite. Eu tinha visto Leo muito mal no vestiário, e logo muitos haviam falado que pensavam em sair. E justamente Messi disse o que disse. Não imaginei que seria ele a expor isso. Obviamente, talvez eu me expressei de maneira melhor, e Leo se deixou levar pelo pensamento. De cabeça fria, isso passa e diz: “Que burro, o que eu disse?”. O que eu pensava depois do jogo era: “Agora vão chegar jogadores novos e vai acabar”. Mas depois disse: “Talvez contem comigo para integrar a seleção, tenho que seguir”. Na minha cabeça, estava tudo isso, mas creio que o melhor psicólogo é lembrar o que se queria quando criança.”- afirmou o atacante do Manchester City

Nesta terça-feira (11), Agüero deve iniciar a partida entre os 11 pela Argentina contra o Paraguai, partida válida pelas Eliminatórias Sul-americanas da Copa de 2018

O Manchester City lidera a Premier League com 18 pontos em 7 jogos até o momento. A próxima partida da equipe será contra o Everton no próximo sábado.

Uma coisa é certa, Agüero e Guardiola têm sido essenciais para o excelente desempenho do Manchester City na Premier League 2016/17 até o momento.