Especialista garante Santa e Paysandu na Sulamericana 2017

Sulamericana 2017 segue com polêmicas
Reprodução/Globo Esporte PA - TV Liberal

Desde a última semana as torcidas de Paysandu e Santa Cruz aguardam posicionamento oficial da CBF sobre a participação ou não de seus clubes na Copa SulAmericana de 2017, condição conquistada em campo com os títulos da Copa Verde e do Nordestão em 2016. E é justamente devido a questão dos regulamentos que um advogado especialista em direito esportivo defende que tanto o Papão da Curuzu quanto a Cobra Coral do Recife estarão no segundo principal torneio continental da América do Sul.

Em entrevista a versão Paraense do Globo Esporte, transmitida pela TV Liberal (afiliada da Rede Globo no Pará) o advogado paulista Filipe Rino explicou duas questões envolvendo o caso, primeiro a dos regulamentos das competições que garantem os clubes na Sula.

“Acontece que esses dois clubes já possuem o direito adquirido. Antes das disputas (da Copa Verde e do Nordeste), já constava no regulamento que os campeões estariam na Copa SulAmericana, ou seja, eles adquiriram a vaga. Não pode agora CBF retirar a vaga desses clubes e passar para outros. Caso a CBF venha tirar essas vagas, esses clubes devem fatalmente se socorrer ao STJD, pedindo a manutenção das vagas conquistadas em campo com base no regulamento” – adiantou.

LEIA TAMBÉM

SANTA E PAYSANDU QUESTIONAM “NOVA” SULAMERICANA

Em seguida Rino explicou que a determinação emitida pela Conmebol interferindo diretamente na distribuição das vagas ultrapassa os limites de governança entre a entidade e as federações de futebol associadas a ela pois os critérios de classificação de clubes aos torneios cabe exclusivamente a entidades como a CBF, AFA (Associação do Futebol Argentino) e outras.

“A CONMEBOL distribui as vagas para os países. No caso do Brasil, ela distribui as vagas para a CBF e cabe a CBF distribuir essas vagas da maneira que ela entender, seja por ranking ou por campeonatos conquistados. Na Argentina já foi por ranking. Por isso, às vezes, um clube vai mal num ano, mas por ter sido campeão no ano anterior conseguia participar das competições internacionais (Libertadores e SulAmericana)” – adiantou o especialista.

Desta forma Rino aponta que a única saída para que a CBF aceite a interferência da Conmebol é modificando os regulamentos da Copa Verde e da Copa do Nordeste a partir do próximo ano, deixando claro que as competições não classificam mais para a Sulamericana.

“Agora esses clubes estão balizados pelo regulamento, onde era expressamente clara a vaga assegurada na Copa Sul-Americana 2017. Se quiser aceitar isso, a CBF pode mudar o regulamento para o próximo ano, a partir de 2017. Porém ela não pode mudar esse ano de forma alguma” – concluiu o advogado.



Lucas Mendes é Jornalista, nascido no Rio de Janeiro mas com profundas raízes espalhadas pelo Brasil. Apaixonado por esportes desde pequeno por influência do Maior Camisa 10 de Todos os Tempos que viu jogar - o Tio Juca - Lucas busca fazer através do jornalismo esportivo o que não pode fazer dentro das quatro linhas do esporte. Com passagens por TV Jangadeiro, TV Fortaleza, Rede Record, SBT, Rede Gazeta, Rede Massa, RPC e TV Tarobá acumulou a experiência que agora compartilha no Torcedores.com