25 anos atrás, Ayrton Senna conquistava o último título brasileiro na Fórmula 1

Reprodução/YouTube

Sim, exatamente hoje, dia 20 de outubro de 2016, está completando 25 anos do tri campeonato mundial de Ayrton Senna. O título foi o último de um piloto brasileiro na categoria, e apesar do inicio de temporada arrasador, não foi tarefa fácil para o piloto da McLaren segurar a Williams de Nigel Mansell.

LEIA MAIS:
25 ANOS DO TRICAMPEONATO DE SENNA: 10 COISAS QUE BOMBAVAM EM 1991

Depois de duas temporadas polêmicas entre Senna e Prost, em 1991, o piloto brasileiro ganhou um novo adversário: o inglês Nigel Mansell e o potente carro da Williams. Ayrton começou a temporada voando, vencendo as primeiras quatro provas da temporada, enquanto Mansell só conseguiu marcar seus primeiros pontos na temporada na quarta prova do ano, em Mônaco.

Porém, a situação logo iria mudar, e brasileiro passaria a ter dificuldades para segurar o piloto inglês, que começou a a vencer corridas e a igualar a disputa pelo título. Mas a afobação (ou azar) de Nigel Mansell custou muitos pontos para ele, e quando a categoria chegou a Suzuka, a situação pela briga do titulo era totalmente favorável a Senna, que precisava apenas de uma vitória, ou chegar a frente do seu principal adversário pelo título.

Nos treinos, a McLaren conseguiu andar na frente, e Berger e Senna garantiram a primeira fila, com Mansell largando em terceiro. Para o piloto da Williams, era vencer ou vencer. Portanto, ele não pensou duas vezes e começou a atacar o brasileiro, esperando pressioná-lo o bastante a ponto de fazer com que ele cometesse um erro.

Mas o plano do inglês acabou não dando muito certo: na décima volta, Mansell arriscou demais e foi parar na brita. Fim de prova para o Leão, e festa para Ayrton Senna e claro, para Galvão Bueno, que berrava no microfone “passou reto o Mansell!!”. O tri campeonato estava garantido. A vitória ficaria com Berger, depois de uma ordem dada por Ron Dennis para que o piloto brasileiro deixasse o austríaco vencer, como uma espécie de agradecimento pela ajuda durante a temporada. Porém, Berger não gostou nenhum pouco…

Foi o último título de Ayrton Senna, pois nas duas temporadas seguintes, ele não conseguiu superar as Williams, que naquele momento, já tinha o melhor carro do grid de largada. O que muitos brasileiros não esperavam, é que este seria o último título brasileiro na categoria. O único piloto que se aproximou de uma conquista foi Felipe Massa em 2008 (para saber mais, clique aqui), mas que não conseguiu.

São 25 anos de fila, e é muito provável que dure um pouco mais, já que Felipe Massa deixará a categoria no fim desta temporada, e Felipe Nasr segue com o futuro incerto. Uma pena, para quem já teve oito títulos mundiais, correr o risco de não ter nenhum representante na maior categoria do automobilismo.