Desculpe o transtorno, preciso falar da torcida do Santos

Foto: Ivan Storti/ Flickr oficial do Santos FC

Há quem diga que o Santos, um dos clubes mais conhecidos mundialmente, não tem torcida. Mas, afinal, existe doido para tudo, não é mesmo? Inclusive para torcer pelo Peixe. Calma, você não leu errado. Digo isso porque a torcida santista – e isso me inclui – surpreendeu com a “loucura” de apoiar o time mesmo sob uma forte chuva.

LEIA MAIS
DORIVAL ANALISA A VITÓRIA SOBRE O SANTA CRUZ: “A EQUIPE NÃO PERDEU A VONTADE DE GANHAR”

Pode parecer normal, mas não é. Quando acabou a partida, eu pensei: ‘Nossa, o que me levou a tomar chuva – e ficar propensa a um resfriado – só para ver o meu time do coração em campo? E mais: a me divertir como nunca?’ A conclusão veio rapidamente: ‘Isso não é sobre um jogo de futebol, é sobre o amor que você tem pelo único clube da história a parar uma guerra.  Esse é o sentimento que move qualquer torcedor fanático’.

A energia acabou? Basta acender a luz do celular e cantar “Da-lhe eo… Da-lhe eo… Da-lhe Santos, meu amor”. Tudo se normalizou, no entanto, a equipe adversária conseguiu o empate e, na sequência, os refletores deram problema? Quem liga para isso, para tomar banho de chuva ou para ter que ir para casa logo para descansar, já que segunda-feira é dia de pegar no “batente”? Um tal de Santos Futebol Clube é mais importante.

Os donos da casa saíram à frente no placar de novo, contudo, cederam pela segunda vez? Vamos ficar desnorteados, sim, mas vamos gritar GOL no minuto seguinte e comemorar cada vez que a equipe paulista conseguir roubar a bola do rival como se fosse outro gol, no sufoco, porque esse é o espírito de ser santista. Pode não ser a primeira nem a última torcida a dar uma prova de amor semelhante, entretanto, com o Santos é diferente.

Faça sol, faça chuva… Com o Santos ONDE e COMO ele estiver.



Jornalista, assessora de imprensa e pós-graduanda em Jornalismo Esportivo e Multimídias. Amante dos esportes desde sempre e apaixonada por futebol inglês.