Veja o que Cuca falou após o empate do Palmeiras com a Ponte Preta

Cuca, técnico do Palmeiras
Crédito da foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Mais uma vez o Palmeiras decepcionou a sua torcida no Allianz Parque. A equipe não conseguiu vencer a Ponte Preta, levando um ponto para casa e tropeçando pela terceira vez em quatro jogos dentro de seu estádio. 

O empate por 2 a 2 contra a Ponte foi amargo para o técnico Cuca. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador lamentou o fato do Verdão ter saído duas vezes na frente do placar e deixar a Macaca empatar nas duas ocasiões. Para o comandante, foi um empate com gosto de uma derrota:

“Teve sabor de derrota porque tivemos duas vezes o placar na mão, e nós cometemos dois erros para o placar da Ponte, não tirando o mérito da Ponte Preta, mas, no primeiro gol, tínhamos de afastar a bola do perigo, já no segundo, depois de pressionar e fazer o 2 a 1, tivemos um erro de posicionamento crasso muito feio e acabamos tomando o gol. Aí fica difícil remontar o placar e ficou no 2 a 2.”

Cuca afirmou que o empate aconteceu devido às falhas da equipe, já que, de acordo com o treinador, a Ponte não teve tantas oportunidades:

“O jogo, 2 a 2, particularmente eu acho que poderíamos ter ganho, mas por outro lado eu vejo que não merecemos devido as falhas que tivemos , principalmente nos gols da Ponte. A Ponte não criou grandes chances, mas a gente tem trabalhado a equipe para amadurecer o quanto antes, uma equipe jovem. A Ponte joga uma linha de quatro, um volante, mais uma linha de quatro e mais um atacante, então eles passam todos a linha da bola. A chuva, o campo molhado… Muito difícil pois é uma equipe competitiva, bem retraída. Você  fica com dificuldades para criar.  Numericamente,  fica sempre inferior e uma outra dá o contra ataque. Quando você tem desgaste grande como a gente teve e na segunda metade do segundo tempo consegue o segundo gol, não precisa dar mais o contra taque. Tem o lateral adiantado no campo de ataque, e ficamos sem sobra. Erro primário e fomos penalizados no segundo gol da Ponte. Se pudesse parar e posicionar, não era bola para tomar o gol e isso aconteceu e nos tirou o resultado positivo.”

Confira mais trechos da entrevista coletiva de Cuca:

GABRIEL JESUS

“Dei parabéns para ele, teve câimbra no final do jogo. Não tinha porque tentar por um jogador numa partida como essa e arriscar perder o menino para uma sequencia do campeonato.”

SAÍDA DE ZÉ ROBERTO

“Não sou de ficar justificando nada. O Zé saiu porque teve que sair, foi vetado clinicamente. Ele é um excelente marcador, mas teve um problema muscular e teve que sair do jogo.”

 

VIRTUDES DO PALMEIRAS

“Nós quando temos a equipe ideal para jogar, unimos a técnica com a velocidade e força. Quando não temos uma ou outra peça, por melhor que seja o elenco, são peças pontuais que fazem falta.”



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Inter e esportes olímpicos. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com