Thaisa desabafa após eliminação “Acredito muito na força que tenho aqui dentro de me reinventar”

Thaísa
Reprodução/Instagram

Depois da eliminação precoce para a China nas quartas de final do vôlei feminino, Thaisa se pronunciou pela primeira vez em sua rede social. A atleta desabafou e relembrou do início da carreira em um post emocionado com pedido de desculpas aos brasileiros.

LEIA MAIS: RIO 2016: THAÍSA FAZ TATUAGEM EM LUGAR NADA ‘CONVENCIONAL’ ANTES DA OLIMPÍADA
BICAMPEÃ OLÍMPICA DE VÔLEI SE CASA COM JORNALISTA EM FOLGA DA SELEÇÃO

Thaisa agradeceu o apoio da torcida que lotou todos os jogos no Maracanãnzinho e empurrou o time durante os Jogos Olímpicos. Aproveitou para se desculpar com os fãs e torcedores por não chegar até o final da competição.

“Primeiramente gostaria de agradecer a toda torcida que enchia o Maracanãzinho, que nos deu tanta força e que foi fundamental em todos os jogos nessa Olimpíada! Pedir desculpas a todos por não ter sido possível chegar aonde almejávamos, aonde tanto sonhamos e lutamos… É com lágrimas nos olhos que escrevo sobre isso! Dói mto! Mas sei que poderei (poderemos) passar por mais essa “provação”. É momento de tentar erguer a cabeça e dar a volta por cima.” Escreveu.

Lembrou também das dificuldade que enfrentou para vencer no esporte e se tornar uma das atletas mais queridas dos fãs de vôlei no Brasil.

“Já tive momentos de tristeza e incertezas pequenas e grandes, passei por dificuldades mas a vontade de vencer foi mto maior, no começo não tinha dinheiro nem mesmo pra ter um tênis, nem mesmo o mais baratinho pra poder jogar e contava com ajuda de pessoas amigas. As pessoas riam de mim e falavam que não seria NUNCA uma boa jogadora.” Relembrou a jogadora.

No início das Olimpíadas, Thaisa chegou a ser dúvida para integrar o elenco devido uma lesão que quase a tirou dos Jogos. A atleta aproveitou o texto para descrever o momento difícil de incerteza que passou há alguns dias.

“Recentemente fiz cirurgia nos dois joelhos e tive q reaprender a andar, sentar e levantar. Lutei, chorei, não dormi por várias e várias noites e graças a toda dedicação passei por mais essa… Chegando perto do maior sonho de um atleta exatamente dois dia antes de entrar na Vila olímpica, tive um estiramento na panturrilha, dai começa tudo de novo, dores, medos, incertezas, insônia. Aquela angústia de pensar “será q vou conseguir voltar a tempo?” Fiquei sem treinar, sem poder fazer nada, sem jogar os primeiros jogos voltei aos pouquinhos e fiz a maior força do mundo para tentar dar o meu melhor lutando com meu limite diariamente.”

“Acredito muito na força que tenho aqui dentro de me reinventar de alguma maneira e superar meus limites, e é isso que farei mais uma vez!!! Com o carinho de todos que torcem, da família e de Deus sei que serei (seremos) forte o bastante. Finalizou Thaisa.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram