Segundo blog, Seleção Feminina permanente corre risco de extinção

Crédito da foto: Divulgação/ Ricardo Stuckert/ CBF

Um dos projetos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tentar turbinar o futebol feminino no país, a criação de uma Seleção Permanente, com atletas bancadas pela própria entidade e visando a participação dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, pode estar perto do fim. A informação é do blog Bastidores FC, do Globoesporte.com

LEIA MAIS

JOGADOR DO ATHLETIC BILBAO SOFRE INSULTOS RACISTAS DURANTE JOGO

De acordo com a postagem, dirigentes da Confederação estariam estudando rever o projeto da Seleção Permanente, inclusive considerando a sua extinção. A falta de resultados (como a medalha) seria o principal motivo que levaria ao fim do projeto, além dos altos custos e do pouco ‘retorno’ dado pela empreitada, apesar dos grandes públicos durante as partidas dos Jogos.

Com o possível fim dessa Seleção, outras alternativas estariam sendo estudadas, como manter um monitoramento das atletas e aumentar os gastos com o desenvolvimento do esporte no país. A permanência do técnico Vadão e do coordenador da Seleção Feminina, Marco Aurélio Cunha, ainda é incerta.

Segundo o blog, a decisão sobre a sequência da Seleção será decidida na próxima semana, em reunião na CBF. Que também pode começar a discutir os rumos do futebol feminino no Brasil pós-Rio 2016. A Seleção Permanente foi criada em 2015 pela Confederação.

(Créditos: Ricardo Stuckert/CBF)