Ricardo Gomes estreia no São Paulo mudando estrutura tática deixada por Bauza

Crédito da foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net

 

Neste domingo (21), o São Paulo viaja a Porto Alegre para enfrentar o Internacional, às 16h, pela 21ª rodada do Brasileirão, com Ricardo Gomes estreando como técnico. Seis anos após deixar um clube numa derrota para o Colorado, o comandante tem a missão de fazer o Tricolor embalar no nacional contra o seu “algoz”.

LEIA MAIS:
“RENOVADO”, MICHEL BASTOS RECONHECE MÁ FASE E PROMETE EMPENHO CONTRA O INTER
HÁ DEZ ANOS; ROGÉRIO CENI SE TORNAVA O MAIOR GOLEIRO-ARTILHERO DO MUNDO
MERCADO DA BOLA: DISPUTADO POR SEVILLA E LAZIO, RODRIGO CAIO ENTRA NA MIRA DO MILAN

Para estrear com o pé direito, Ricardo Gomes passou a semana realizando treinos fechados no Tricolor. O treinador realizou treinos em campo reduzido e testou Michel Bastos, Cueva e Luiz Araújo em funções diferentes para ganhar opções para os jogos.

A grande novidade deste domingo é na mudança do esquema tático. Do 4-2-3-1 de Bauza, o Tricolor passará no 4-1-4-1 com Ricardo. Com Thiago Mendes suspenso, Michel Bastos será recuado para a função de segundo volante pelo lado esquerdo. A função de ponta esquerda ficará a cargo Cueva.

O que Ricado planeja com Michel mais recuado? Ele quer usar o meio-campista para ser “cerebro” do time. Ele ainda jogará pela esquerda, subindo para triangular com Mena e Cueva, porém, ficará recuado para ajudar a compor o meio e melhorar a saída de bola da defesa para o ataque.

Na 12ª posição com 26 pontos, o maior objetivo do São Paulo no Brasileiro é conquistar uma vaga na próxima edição da Taça Libertadores, mas precisa abrir os olhos, que hoje está mais próxima do Z-4 — a cinco pontos. A vitória contra o Inter é fundamental para dar o gás que o time precisa para subir e se distanciar do grupo que será rebaixado.

FICHA TÉCNICA
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Denis, Buffarini, Maicon, Lyanco e Mena; João Schmidt; Kelvin, Hudson Michel Bastos e Cueva; Chavez
Pendurados: Carlinhos, Lugano, Maicon e Wesley
Arbitragem: Gilberto Rodrigues Junior (FIFA-PE), auxiliado por Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos de PE)
Desfalques: Ytalo, Renan Ribeiro, Breno, Lucas Fernandes, Wellington (machucados) e Rodrigo Caio (na Seleção olímpica)



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.