Raio-X: o desempenho do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio 2016

Montagem/Torcedores.com

A pretensão do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) era terminar pelo menos entre os dez primeiros no quadro de medalhas. O Brasil terminou em 13º, mas ainda assim, foi o melhor desempenho brasileiro na história dos Jogos Olímpicos. Confira o raio X do desempenho do Brasil no Rio 2016.

LEIA MAIS:
OLIMPÍADAS: CONFIRA COMO FICOU O QUADRO DE MEDALHAS DO RIO 2016
DJ KYGO E JULIA MICHAELS ESTREIAM SINGLE DO “CANAL OLÍMPICO”

Alguns poderão dizer que o desempenho brasileiro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 foi abaixo do esperado, afinal, em alguns esportes onde havia a expectativa da conquista de medalha, o resultado não foi favorável. A meta que o COB traçou antes do inicio dos Jogos Olímpicos não foi alcançada, mas nem por isso o Brasil não tem que comemorar a 13ª posição no quadro de medalhas. Muito pelo contrário: foi o melhor desempenho da história do país nas olimpíadas.

No total, foram 19 medalhas conquistadas: 7 de ouro, 6 de prata e 6 de bronze. Recorde no número de ouro, recorde no total de medalhas conquistadas. O Brasil conquistou medalhas em esportes que não era esperado pelo Comitê Olímpico Brasileiro, como no Salto com Vara e na Canoagem. Sem falar em resultados expressivos em esportes como Esgrima, Arremesso de Martelo e Polo Aquático, além do Handebol Masculino, que tiveram um desempenho muito melhor comparado com outras edições dos Jogos Olímpicos.

Houve alguns esportes que não tiveram o desempenho esperado, como o handebol feminino e o vôlei feminino. Atletas individuais também tiveram um resultado abaixo, como Robert Scheidt na Vela, e o judô brasileiro, que sempre garante um bom número de medalhas, não foi tão bem nestes Jogos Olímpicos.

Por fim, a impressão que fica é que o desempenho foi bom, mas poderia ter sido um pouco melhor. De qualquer forma, o Brasil tem o que comemorar, e quem sabe, pode vir acontecer com o Brasil o que aconteceu com a Grã-Bretanha: eles sediaram os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres e tiveram um resultado abaixo do esperado, mas aqui no Rio de Janeiro, conseguiram terminar no segundo lugar no quadro de medalhas.

Outro detalhe importante, é que pela primeira vez, o Brasil terminou como o segundo país da América no quadro de medalhas, à frente do Canadá e atrás apenas dos Estados Unidos (porém, no total de medalhas, os canadenses conquistaram 22 medalhas).

QUADRO DE MEDALHAS
POS PAÍSES OURO PRATA BRONZE TOTAL
ESTADOS UNIDOS 46 37 38 121
GRÃ-BRETANHA 27 23 17 67
CHINA 26 18 26 70
RÚSSIA 19 18 19 56
ALEMANHA 17 10 15 42
JAPÃO 12 8 21 41
FRANÇA 10 18 14 42
COREIA DO SUL 9 3 9 21
ITÁLIA 8 12 8 28
10º AUSTRÁLIA 8 11 10 29
13º BRASIL 7 6 6 19

Confira todos os medalhistas brasileiros:

OURO:

Atletismo – Salto com vara Masculino: Thiago Braz Da Silva
Boxe Até 60 kg Masculino: Robson Conceicao
Futebol Masculino
Judô Até 57 kg Feminino: Rafaela Silva
Vela 49er Feminino
Vôlei Masculino
Vôlei de Praia Masculino
PRATA:
Canoagem Velocidade – Canoa dupla (C2) 1.000 m Masculino
Canoagem Velocidade – Canoa individual (C1) 1.000 m Masculino – Isaquias Queiroz 
Ginástica Artística – Argolas Masculino – Arthur Zanetti
Ginástica Artística – Solo Masculino – Diego Hypolito
Tiro Esportivo – Pistola de ar 10 m Masculino – Felipe Almeida Wu
Vôlei de Praia – Feminino
BRONZE:
Canoagem Velocidade – Canoa individual (C1) 200 m Masculino – Isaquias Queiroz Dos Santos
Ginástica Artística – Solo Masculino – Arthur Mariano
Judô – Até 57 kg – Feminino – Rafael Silva
Judô – Até 78 kg – Feminino – Mayra Aguiar
Natação – Maratona 10 km Feminino – Poliana Okimoto
Taekwondo – Até 80 kg Masculino – Maicon Siqueira
DESEMPENHO BRASILEIRO NOS ÚLTIMOS JOGOS OLÍMPICOS
ANO OURO PRATA BRONZE TOTAL POS
2016 RIO DE JANEIRO 7 6 6 19 13º
2012 LONDRES 3 5 9 17 22º
2008 PEQUIM 3 4 8 15 23º
2004 ATENAS 5 2 3 10 16º
2000 SIDNEI 0 6 6 12 52º
1996 ATLANTA 3 3 9 15 25º
1992 BARCELONA 2 1 0 3 25º