Opinião: São Paulo joga mal, passa por sufoco no fim, mas garante um ponto no Beira-Rio

Crédito da foto: Divulgação/ Rubens Chiri/ saopaulofc.net
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Caro torcedor Tricolor, que jogo feio! Internacional e São Paulo protagonizaram uma partida muito difícil de se ver, com muita disputa e pouca, pouquíssima técnica. Ambos precisavam do resultado, e tiveram perto da vitória, mas acabaram num empate que é a cara das equipes no torneio.

Ricardo Gomes terá muito trabalho com a equipe são paulina, que mais uma vez fez uma partida abaixo do que se espera dela. Novamente seu setor ofensivo não funcionou, tendo não exigido grande esforço do goleiro colorado nos mais de noventa minutos na partida de Porto Alegre.

Com Michel Bastos e Kelvin absolutamente nulos, Chávez ficou sem ter o que fazer no comendo de ataque e só apareceu quando Cueva, o médio mais lúcido em campo, aparecia para fazer tabela. O camisa 13, fez o gol Tricolor, mas não exerce a função do “10”, que faz tanta falta a este São Paulo.

Se ofensivamente não fomos bem, a zaga foi. Lyanco e Maicon dão a segurança ideal para a cabeça da área, mas Mena e Buffarini dão um medo. Os dois vinham fazendo boa partida, mas um fez gol contra e outro cometeu pênalti que poderia ter colocado tudo por água abaixo, sorte que o Internacional vive uma fase…

Novo destaque para Denis, o que ele está pegando, não é brincadeira. Exemplo de superação dentro do grupo, onde foi muito questionado sua titularidade, hoje passa a ser quase que indiscutível tê-lo na meta são paulina.

Para não passar batido, a arbitragem errou nos dois gols da partida, um havendo impedimento e outro falta, ambos lances no início da jogada, mas até acho que o apitador foi bem, no todo.

Preocupo-me com a sequência do São Paulo jogando deste jeito, Coritiba em casa e Palmeiras fora, serão duas pedreiras, já sabendo que teremos desfalques por conta de convocação de seleções (ah, a respeitadíssima data FIFA…). Melhor Ricardo Gomes e os mais ávidos tricolores realizarem um check-up para as próximas partidas, pois o estresse pode ser grande.



Cursando Jornalismo e apaixonado pelo esporte bretão, 21. 'Cada um tem um time, e eu não escondo o meu!" - André Henning