Opinião: Rio 2020…Rio 2024….Rio 2028…

Reprodução/ Twitter oficial Rio 2016

Hoje é o dia que nos despedimos dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Vamos partir lá de 2009 quando foi anunciado oficialmente que o Rio de Janeiro seria a sede dos Jogos em 2016. A partir daquele dia começou toda a preocupação, toda a preparação, todo o protesto de quem não queria….uma pequena pausa para curtir Londres 2012…Mas depois, todos voltados para o Rio.

LEIA MAIS:
Olimpíadas: Confira como ficou o quadro de medalhas do Rio 2016

Após todo esse período..chegou o tão esperado ano…chegou o tão esperado dia. Começamos com o pé esquerdo em alguns pontos, como os detalhes na Vila Olímpica. Mas após a cerimônia de abertura tudo foi diferente, o povo começou a sentir o clima olímpico…abraçar os jogos…torcer nos jogos e não só torcer pro atletas, porque não tem Brasileiro no ringue a torcida resolve torcer pro Brasileiro…Juiz.. Toda a festa de um país que sabe como festejar, que sabe como receber, que sabe como agradar, mas também sabe como sofrer.

O Rio de Janeiro também teve a oportunidade também de receber pela ultima vez o rei do carisma e o rei do Engenhão… o raio da pista Usain Bolt… Sem esquecer também o raio aquático Michael Phelps. Atletas que não precisam da nacionalidade brasileira para serem referenciados pelo Povo… Também tivemos uma ilustre despedida dos jogos com o Serginho jogando pela ultima vez com a seleção masculina de Vôlei, após os Bi campeonato olímpico.

Nós conseguimos mostrar ao mundo todo o carisma, toda a recepção calorosa que somos capaz de fazer quando o Brasil recebe grandes eventos. Fizemos todos os Atletas se sentirem em casa e fizemos com todos eles saibam um pouco do imenso prazer de morar neste país…nesta cidade maravilhosa.

Não torcemos apenas para os nossos atletas. Também homenageamos um boxeador com o sobrenome de “Mina” cantando a inesquecível música do Mamonas Assassinas “Pelados em Santos”. Mas também não esquecemos as vaias para aqueles que não são brasileiros… o que nem em todo os casos foi bem recebida pelos adversários.

Agora é a vez de Parabenizar todos os atletas medalhistas do Brasil e também todos os atletas medalhistas das outras nacionalidade…sem esquecer também aqueles que viveram o clima, mas saíram sem medalhas. E também a vez de pedir para todos jogos serem na Cidade Maravilhosa… Pois o que se pôde viver aqui, não se vive em outro lugar.

Hora também de agradecer todos que fizeram isso possível como os milhares de voluntários,todo o comitê de organização, todos os atletas e toda a população mundial que viveu o Rio 2016 como todos nós. Aqueles atletas que não quiseram vir, o arrependimento deve estar batendo no peito agora. Assim como foi a Copa das Copas…Tivemos as Olimpíadas das Olimpíadas. Até a próxima Rio.