Olimpíadas: Brasil e Alemanha brigam por ouro inédito no futebol

Reprodução / Site oficial da CBF

A seleção brasileira masculina de futebol vai à sua quarta decisão de olimpíada, na história. Apesar da frequência, a ‘amarelinha’ nunca conquistou a medalha de ouro. Desta vez, o Brasil tem o ‘fator casa’ e a experiência internacional de Neymar, principal jogador da modalidade, que já foi prata em Londres, 2012.

LEIA MAIS:

OLIMPÍADAS: BRASIL É OURO NA VELA E VIRA MEME ENTRE OS INTERNAUTAS
SILVIO LUIZ REBATE COMENTÁRIOS DE MILTON NEVES: “IMBECIL”
NEYMAR APARECE EM FOTO COM NEILTON E TWITTER DO BOTAFOGO IRONIZA; VEJA
DERROTA DA SELEÇÃO FEMININA DE FUTEBOL COMOVE A WEB: “NÃO PRECISA DE MEDALHA”
VOLUNTÁRIO FAZ PIADA COM MUNDIAL DO PALMEIRAS NO PARQUE OLÍMPICO; VEJA

Neste sábado (20), as seleções masculinas de Brasil e Alemanha fazem a final do futebol olímpico, no Maracanã. Dois anos depois do encontro na Copa do Mundo, as equipes voltam a se encontrar, mas com times completamente diferentes. Se em 2014 o favoritismo já era apontado para os alemães, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro as apostas apontam a ‘amarelinha’ como a principal  seleção da modalidade.

brasil x alemanha
Reprodução / Site oficial da CBF

O quarteto ‘Neymar, Gabriel Jesus, Gabigol e Luan’, aos poucos, caiu nas graças da torcida brasileira. Após empates inesperados contra África do Sul e Iraque, ainda na primeira fase, a equipe de Vadão desencantou contra a Dinamarca e garantiu a vaga nas quartas de final, para enfrentar a Colômbia. Na fase mata-mata da competição, nenhum susto. Vitória segura contra a Colômbia e sonoros 6×0, contra Honduras, empolgaram a torcida, que irá lotar o Maracanã na decisão.

 

brasil x alemanha
Reprodução / Facebook oficial da Federação Alemã de Futebol

Do outro lado está a Alemanha. Sem resquícios do time que venceu o Brasil por 7×1, no Mineirão, no Mundial de 2014, a equipe vem recheada de jovens promessas. Horst Hrubesch, treinador da equipe européia, tem o mesmo objetivo dos donos da casa: conquistar o ouro inédito para o país,  no futebol. Para isso, conta com o meia, Gnabry, artilheiro da competição até o momento, com 6 gols em 4 partidas. Ao longo do torneio, a atual seleção campeã do mundo balançou as redes 21 vezes, com destaque ao placar de 10×0, em Fiji, e 4×0, em Portugal.

FINAL – Jogos Olímpicos Rio 2016

Estádio Mário Filho (Maracanã) – Rio de Janeiro, RJ / Sábado, 20/08, 17h30
Provável Brasil: Weverton; Zeca, Douglas, Marquinhos e Rodrigo Caio; Walace e Renato Augusto; Gabigol, Neymar, Luan e Gabriel Jesus.
Provável Alemanha: Horn; Lukas Klostermann, Jeremy Toljan, Matthias Ginter e Niklas Suele; Sven Bender, Meyer, Brandt e Lars Bender; Davie Selke e Serge Gnabry

(Crédito da foto: Reprodução / Site oficial da CBF)