Isaquias Queiroz faz história e se torna o maior medalhista brasileiro numa só olimpíada

Facebook Oficial de Isaquias Queiroz

Com certeza, o grande destaque brasileiro nestes Jogos Olímpicos do Rio 2016 foi o baiano Isaquias Queiroz, que surpreendeu o país quebrando um recorde: ele se tornou o primeiro atleta brasileiro a conquistar três medalhas em uma única edição das olimpíadas, todas pela canoagem.

LEIA MAIS:
MEDALHA HISTÓRICA! BRASIL TERMINA EM SEGUNDO NA CANOAGEM

Graças a Isaquias Queiroz, a canoagem ganhou um lugar de destaque nestes Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. Depois de ter conquistado a medalha de prata na canoa individual 1000 metros masculino, e o bronze na canoa individual 200 metros masculino, Isaquias fez história nesta manhã de sábado (20/08) na Lagoa Rodrigo de Freitas: se tornou o primeiro atleta brasileiro a conquistar três medalhas em uma só edição dos jogos olímpicos, com a prata conquistada na canoa dupla 1000 metros masculino ao lado de Erlon de Souza.

Isaquias deixou para trás grandes nomes do esporte olímpico brasileiro. Antes dele, o recorde brasileiro era de duas medalhas conquistadas em uma só edição dos Jogos Olímpicos, feito que havia sido realizado por Afrânio da Costa e Guilherme Paraense em Antuérpia- 1920, Gustavo Borges em Atlanta-1996, e César Cielo em Pequim-2008.

Na prova realizada nesta manhã, a dupla alemã Vandrey e Brendel conquistaram a medalha de ouro, após a dupla brasileira ter liderado a prova nos primeiros 750 metros. A medalha de bronze ficou com os ucranianos Lanchuk e Mishchuk.