Internacional x São Paulo: confira as notas do time são paulino

São Paulo
Crédito da foto: Divulgação/saopaulofc.net

Neste domingo (21/08), tivemos no estádio do Beira-Rio o confronto entre Internacional x São Paulo, que terminou empatado em 1 a 1. O Tricolor saiu na frente do placar, o Colorado conseguiu o empate e chegou a ter uma grande oportunidade para virar o jogo, mas desperdiçou. Confira as notas dos jogadores são paulinos nesta partida:

LEIA MAIS:
INTERNACIONAL X SÃO PAULO: CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS
INTERNACIONAL X SÃO PAULO: CONFIRA O RETROSPECTO DESTE CONFRONTO
COLORADOS SE REVOLTAM COM PÊNALTI DADO AO SÃO PAULO: “INTER SENDO ROUBADO DESCARADAMENTE”

O São Paulo desperdiçou uma grande chance nesta tarde: a equipe comandada por Ricardo Gomes saiu na frente do placar, mas sofreu o empate e por muito pouco, não tomou a virada do Internacional (Valdívia perdeu um pênalti aos 46 minutos da segunda etapa). Por fim, diante do que foi a partida, e se levarmos em consideração que o Tricolor Paulista jogou fora de casa, o empate foi um bom placar. Confira as notas dos jogadores são paulinos:

Dênis – 9: o goleiro são paulino foi importante na partida de hoje, afinal de contas, fez pelo menos três grandes defesas no segundo tempo, e não pôde fazer nada para evitar o gol do Internacional.

Buffarini – 6,5: estava fazendo uma boa partida, mas aos 45 minutos do segundo tempo, quase deu três pontos para o adversário, ao perder uma bola no meio de campo que gerou uma boa oportunidade para o Internacional, e principalmente por ter cometido um pênalti sem necessidade.

Maicon – 8,5: fez uma boa partida, não comprometeu em nenhum momento na marcação.

Lyanco – 8,0: também fez uma boa partida, ficou afobado em alguns lances no primeiro tempo, e no gol do Internacional, não conseguiu subir o suficiente para cortar o cruzamento. Mas ainda assim, foi lúcido em boa parte da partida.

Mena – 7: se esforçou para segurar os avanços do time do Internacional pela lateral, e até evitou um gol feito do colorado. Pena que no lance seguinte, falhou na marcação de Ernando e acabou fazendo um gol contra sem querer, o que comprometeu sua participação. Mas não dá para negar seu esforço.

João Schmidt – 8: foi bem na marcação e até se arriscou algumas vezes no campo de ataque. Tem sido um dos poucos jogadores regulares no tricolor nas últimas rodadas.

Hudson – 8: ao lado de João Schmidt, foi um dos responsáveis por segurar o avanço do meio de campo do Internacional. Foi seguro na marcação e ainda sofreu o pênalti que resultou no gol são paulino.

Kelvin – 6,5: pouco fez na partida de hoje, assim como não tem ido bem nas últimas rodadas do Brasileirão. Aparenta não estar 100% fisicamente.

Michel Bastos – 6,5: sinceramente, não vi ele participando da partida, seja de forma ofensiva, seja de forma defensiva. Apenas notei sua presença quando foi substituído, mas deve se levar em consideração que está vindo de uma lesão, e que o sistema defensivo do Internacional engoliu o ataque são paulino.

Cueva – 8: do ataque são paulino, foi o jogador que mais ofereceu perigo (?) ou tentou alguma coisa na partida. Se esforçou, driblou, marcou, converteu a penalidade que foi marcada para o São Paulo, e até fez catimba quando foi necessário.

Chavez – 7: pouco apareceu, mas não por culpa dele, e sim do meio de campo são paulino que não conseguiu criar nenhuma jogada que deixasse o atacante argentino com condições claras de gol.

Ricardo Gomes – 8: não foi uma estreia ruim, e não dá para avaliar seu trabalho para este jogo, pois foi a primeira partida no comando da equipe são paulina. Mas com certeza, ele não gostou do que viu.

Nota do São Paulo na partida – 7: a verdade é que o Tricolor fez uma péssima partida. Teve sorte que o juiz marcou um pênalti em um lance irregular do ataque são paulino, cometeu dois vacilos que resultaram em um empate e um pênalti desperdiçado pelo adversário. E não podemos nos esquecer: se pensarmos que a partida foi fora de casa, o empate pode ser considerado um bom resultado. Mas quando olhamos a tabela e percebemos que o Colorado estava doze jogos sem vencer e luta para não entrar na zona de rebaixamento, fica claro que o time são paulino perdeu uma oportunidade de ouro nesta tarde no Beira-Rio.