EUA x Espanha: Saiba como assistir ao basquete AO VIVO na TV

Crédito da imagem: Divulgação

EUA x Espanha jogam neste sábado (20) a final do torneio feminino de basquete dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 às 15h30. No Torcedores.com, você confere como fazer para assistir a partida ao vivo através da transmissão de seu canal de TV favorito.

LEIA MAIS

GRÃ-BRETANHA TEM PRIMEIRO CASAL HOMOSSEXUAL MEDALHISTA DE OURO EM OLIMPÍADAS; VEJA

ISINBAYEVA ELOGIA THIAGO BRAZ: “É UM ATLETA MUITO PROMISSOR”

Na TV aberta, Globo, Band, Record e Record News devem dar ao jogo alguma cobertura durante a programação. A partida está garantida para passar através da TV paga, onde ESPN e SporTV já tem o jogo constando de suas grades, com o Bandsports também podendo dar espaço à partida.

O jogo pode ser a consagração dos Estados Unidos com a possível conquista do hexacampeonato do basquete feminino em Olimpíadas. A última vez em que as americanas acabaram sem a medalha de ouro foi em Barcelona-1992, quando tiveram que ficar com o bronze e ver a Equipe Unificada (representando nações da ex-União Soviética) faturar o título.

Desde então, o domínio norte-americano tem sido avassalador e a campanha durante os Jogos foi testemunha disto, com 100% de aproveitamento e um saldo de pontos marcados/sofridos de 204. Depois, vitórias tranquilas sobre Japão nas quartas de final e sobre a França nas semifinais.

Sue Bird será o principal desfalque do time dos EUA para a decisão, com uma lesão no joelho. No entanto, jogadoras como Diana Taurasi, Maya Moore e Tina Charles devem guiar as americanas em mais uma tentativa de fazer história,

Pelo lado espanhol, o ineditismo é o ingrediente principal da campanha da equipe, que pela primeira vez chega a uma partida decisiva por medalha. Até agora, o quinto lugar em Pequim-2008 foi o melhor resultado obtido pelas espanholas na história do torneio feminino e com a prata já garantida, querem fazer história ao desbancar as americanas na finalíssima.

Anna Cruz, que joga pelo Minnesota Lynx (WNBA) é uma das principais peças do time ibérico para a decisão, tendo média de pouco mais de oito pontos por jogo. Contra a Sérvia, nas semifinais, anotou seis, com Astou Nour e Laura Torrens sendo as cestinhas da partida, ambas com 14 pontos, com Laura Nicholls adicionando outros treze.

Na primeira fase, EUA x Espanha se enfrentaram, com a vitória americana pelo placar de 103 a 63.

(Crédito da foto: Divulgação)