Especial Corinthians 106 anos: Acabando com o sonho do time do Horto

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Primeiro de Novembro, dia de “Todos os Santos”. No Horto tem um que se consagrou como o “São Victor”, mas seu milagre foi único e não se repetira contra o time de São Jorge. No Independência acontecia uma final antecipada do Campeonato Brasileiro, era a oportunidade do Atlético encostar no Corinthians e evitar um título já encaminhado. Era a oportunidade, apenas a oportunidade.

A partida era válida pela 33ª rodada do Campeonato. Como bom cruzeirense, não torcia para o Corinthians estar na posição que estava, mas disputava contra meu maior rival, o Atlético-MG. O Timão já estava em uma posição bem encaminhada rumo ao título brasileiro, mas não podia dar brecha pro pequeno clube mineiro aproximar. Era uma final antecipada para o Galo, não pro Corinthians, que tinha esta mais várias rodadas pra soltar o grito de Campeão. A torcida atleticana infernizava, como de costume. De madrugada o foguetório incomodava os moradores da região onde estavam hospedados os jogadores corinthianos, entretanto poucos imaginavam que aquilo só seria um incentivo a mais para aqueles que em questão de horas dariam show dentro das 4 linhas.

Dentro de campo o primeiro tempo foi apertadíssimo, as duas equipes aguerridas se combatiam de igual pra igual e desta forma a primeira parte da batalha terminou empatada. O segundo tempo foi para mostrar qual era o real objetivo corinthiano e também mostrar que independente do estádio, o Corinthians estava acostumado com pressão e era isso que movia o time. Aos 22 minutos da etapa final, Malcom aproveitou falha da defesa atleticana e abriu o placar, e o show apenas começava. 7 minutos após o primeiro gol, Vagner Love ampliou o placar e o gol mais bonito ainda estava por vir, aos 39 minutos Lucca, ex-Cruzeiro, pôs números finais ao jogo com um lindo gol de voleio. O Corinthians vencia o Atlético e mostrava ao clube mineiro que não era o ano para acabar com o jejum de 44 anos sem título brasileiro.

Na entrevista pós-jogo, o atacante Thiago Ribeiro afirmava: “O sonho do título chegou ao fim hoje”. Com a vitória o Corinthians deixava encaminhado seu hexacampeonato brasileiro. Já o Atlético só continuava na fila e mantinha a normalidade de terminar o ano sem conquistar o Campeonato Brasileiro.

CRÉDITO DO VÍDEO: REPRODUÇÃO/ YOUTUBE