Enquete: Qual emissora fez a pior cobertura do Rio 2016?

Foto: Divulgação

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro chegaram ao fim na noite deste domingo (21) com cerimônia de encerramento realizada no estádio do Maracanã. A cobertura das principais emissoras do país e dos meios de comunicação foi massiva, com muitos canais realizando a transmissão do evento e utilizando também aplicativos para celular, sites na internet e inúmeras outras publicidades para atingir o maior número de pessoas.

LEIA MAIS:
OLIMPÍADAS: CONFIRA COMO FICOU O QUADRO DE MEDALHAS DO RIO 2016

No Brasil, na televisão aberta, três canais foram credenciados para transmissão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a Globo, emissora que investiu cerca de 250 milhões de dólares na cobertura do evento, além da Band e Record. Na televisão fechada, o SporTV liberou 16 canais para não perdeu um detalhe sequer, além de outros 40 na internet. A ESPN utilizou seus três canais (ESPN, ESPN Brasil e ESPN+) e também seu serviço para tablets e celulares, o “Watch ESPN”. A emissora denominada Fox Sports utilizou seus dois canais e também o “Fox Play” na internet. Teve também transmissão no BandSports e na Record News.

A Olimpíada do Rio de Janeiro ficou marcada por momentos inesquecíveis e emocionantes, fosse eles em momentos de competições, entregas de medalhas, ou então no espírito olímpico, como ajudar um companheiro de prova, preocupar-se com seu adversário, também tendo o apoio incansável e até polêmico da torcida nas arquibancadas das mais diversas modalidades esportivas, entre outros. O Brasil teve sua melhor participação, conquistou dezenove medalhas no total, sendo sete delas de ouro, seis de prata e outras seis de bronze, algo nunca antes visto.

Só que houve algumas reclamações por parte dos telespectadores, fosse por conta da qualidade da transmissão, dos narradores, repórteres, jornalistas, ou por qualquer outro motivo. Por isso, o Torcedores.com quer saber, na sua opinião, qual foi a emissora que fez a pior cobertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.