Brasil x Alemanha: confira a nota dos campeões olímpicos

Crédito da Foto: Facebook Oficial da CBF

A final do futebol masculino nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 entre Brasil x Alemanha foi um jogo inesquecível para o torcedor brasileiro, principalmente porquê finalmente a tão sonhada medalha de ouro foi conquistada. Confira a nota dos campeões olímpicos:

LEIA MAIS:
BRASIL X ALEMANHA: NEYMAR FOI O CARA DA DECISÃO
COM MUITA EMOÇÃO NOS PÊNALTIS, SELEÇÃO BRASILEIRA CONQUISTA OURO OLÍMPICO INÉDITO

Mesmo com um inicio difícil nestes Jogos Olímpicos do Rio 2016, a seleção brasileira finalmente conquistou o único título que lhe faltava: a medalha de ouro. Após o empate no tempo normal e na prorrogação, nas cobranças de pênaltis, Weverton defendeu uma cobrança da seleção alemã, enquanto os brasileiros converteram todos.

Confira as notas:

Weverton – 9: Uma nota merecida, afinal, ele foi o goleiro que tomou apenas um gol em seis jogos disputados, e ainda por cima, defendeu a cobrança de pênalti que praticamente garantiu o ouro olímpico. Merece com certeza, chances na seleção principal.

Zeca – 7,5: Fez uma boa partida, marcou bem, mas pouco apareceu na frente para apoiar o ataque.

Rodrigo Caio – 7,5: Fez uma ótima dupla com Marquinhos, atento aos atacantes adversários. Foi bem em todas as partidas, e na final não foi diferente. Cometeu apenas uma falha durante o jogo inteiro.

Marquinhos – 8,5: Um zagueiro que de fato passa confiança para os companheiros e para os torcedores. É outro jogador que merece a atenção do técnico Tite para a seleção principal.

Douglas Santos – 8: Marcou bem e apareceu algumas vezes ao ataque, principalmente em roubadas de bola. Uma pena que em alguns lances, os atacantes brasileiros não perceberam o avanço do lateral esquerdo.

Walace – 9: Dominou o meio de campo, conseguindo roubar várias vezes a bola do time adversário. Ajudou muito a defesa brasileira, fazendo uma partida praticamente perfeita.

Renato Augusto – 8: Foi muito bem na partida, fez algumas boas inversões e foi quem conduziu ao lado do Neymar as principais jogadas da seleção brasileira pelo meio de campo.

Neymar – 9: Fez um golaço de falta, não fugiu da responsabilidade de liderar a seleção brasileira na final, e foi o jogador que converteu a última cobrança, que garantiu a medalha de ouro.

Gabigol – 7: Foi pouco participativo, e não conseguiu fugir da forte marcação alemã.

Felipe Anderson – 7,5: Entrou no lugar de Gabigol, e apesar de ter dado mais mobilidade ofensiva, perdeu duas oportunidades de gol.

Gabriel Jesus – 7: Assim como Gabigol, também não conseguiu vencer a marcação adversária e ainda cometeu algumas faltas desnecessárias.

Rafinha – 7,5: Entrou no lugar de Gabriel Jesus, e não conseguiu fugir tanto da marcação alemã, mas como estava descansado, impôs um pouco mais de velocidade ao ataque brasileiro.

Luan – 8: Ao lado de Neymar, foram os jogadores mais lúcidos do ataque brasileiro na final, além de ter feito uma ótima olimpíada. Não teve tanta liberdade, por causa da forte marcação alemã, mas fez boas jogadas.

Técnico Rogério Micale – 8,5: Fez o que podia fazer. Não tinha tantas opções para mudar o panorama da partida, mas soube ouvir quem precisava durante a competição, conseguiu criar um bom sistema de jogo, que fez com que a seleção brasileira conseguisse enfrentar de igual os demais adversários durante o Rio 2016. Merece elogios.