Brasil repete no masculino, “milagre” do vôlei feminino em Londres após mau começo

Facebook oficial da CBV

O Brasil começou com duas vitórias, e de repente, veio duas derrotas e a classificação ficou ameaçada. Mas a seleção brasileira masculina de vôlei conseguiu se recuperar, e igualou nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 o feito da seleção feminina nos Jogos de Londres-2012: conquistou a medalha de ouro após um mau começo.

LEIA MAIS:
RELEMBRE A CAMPANHA DA MEDALHA DE OURO DO BRASIL NO VÔLEI
EMOCIONADO, SERGINHO SE DESPEDE DA SELEÇÃO COM OURO OLÍMPICO

O Brasil conquistou a medalha de ouro no vôlei masculino nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, após um começo desanimador. A seleção até começou com duas vitórias, diante dos mexicanos e dos canadenses. Mas veio o confronto contra os Estados Unidos, que vinha de duas derrotas, e aí tudo mudou: os americanos venceram, se recuperaram na competição, enquanto os brasileiros perderam a partida seguinte contra a Itália, e viu a classificação para a próxima fase ficar ameaçada.

Era necessário o Brasil no vôlei masculino repetir a façanha que quatro anos antes, a seleção brasileira feminina de vôlei havia conseguido em Londres: após um começo nada animador nas três primeiras partidas da primeira fase, das quais as brasileiras venceram apenas um, elas venceram todas as demais partidas e conquistaram a medalha de ouro.

E foi exatamente isso que o time brasileiro fez: derrotou na última partida da primeira fase os franceses, e garantiu a classificação para as quartas de final no quarto lugar, exatamente como a seleção feminina fez em Londres. Contra a Argentina na fase seguinte, vitória por 3 sets a 1, e nas semifinais, o Brasil praticamente não tomou conhecimento dos russos, que eram os atuais campeões olímpicos: vitória por 3 sets a 0.

Na grande final, o reencontro com a seleção que lhe deixou em má situação na primeira fase dos Jogos Olímpicos do Rio 2016: a seleção italiana. E o Brasil conquistou o ouro olímpico com a vitória por 3 sets a 0, doze anos depois de ter derrotado a mesma Itália em Atenas-2004.

Fica duas observações: nas últimas quatro olimpíadas, o Brasil sempre conquistou uma medalha de ouro no vôlei: em Atenas-2004 foi o masculino, em Pequim-2008 e em Londres 2012 foi a seleção feminina, e agora no Rio 2016, foi a vez do vôlei masculino. O outro destaque, é que a cada doze anos, o vôlei masculino garante a medalha de ouro: Barcelona-92, Atenas-2004 e Rio-2016.