Mercado da bola: Alvo de Flamengo e Atlético-MG, equatoriano fecha com o River Plate

Flamengo
Divulgação/River Plate

Um dos destaques do surpreendente Independiente Del Valle, do Equador na disputa da Copa Libertadores deste ano, o zagueiro Arturo Mina despertou o interesse de diversos clubes, entre eles o Atlético-MG e o Flamengo. Porém, o beque de 25 anos acabou fechando com o River Plate, da Argentina.

LEIA MAIS:

MERCADO DA BOLA: PALMEIRAS ENCAMINHA NOVO EMPRÉSTIMO DE TOBIO AO BOCA JUNIORS

O zagueirão de 1,90m se destacou com gols e bons desarmes durante Libertadores na surpreendente campanha do Independiente Del Valle, do Equador e chamou a atenção dos brasileiros Atlético-MG e Flamengo, que fizeram sondagens.

Porém, como seu ex-clube avançou à final da competição continental pela primeira vez em sua história e a janela de transferências internacionais para o país já estava fechada, ele não pôde se transferir para o Brasil.

Desta forma, a situação ficou livre para o River Plate fechar a contratação. O time argentino pagou US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 7,6 milhões), por 60% dos direitos econômicos do jogador. Os 40% restantes continuam com o Del Valle, que espera ganhar mais em uma eventual venda no futuro. O contrato de Mina com o River vai até junho de 2020.

Flamengo
Divulgação/River Plate

Interesse no Brasil

O Atlético-MG chegou a oferecer aos equatorianos cerca de R$ 8,2 milhões, algo próximo de dois milhões e meio de dólares para adquirir 70% dos direitos econômicos do zagueiro Arturo Mina. Porém, o Independiente Del Valle definiu que o atleta só definiria sua saída após a participação da equipe na Copa Libertadores da América.

No Flamengo, o jogador, elogiado por sua velocidade e qualidade no cabeceio, foi sondado na época em que o clube ainda negociava com o argentino Alejandro Donatti, que acabou sendo contratado pelo time rubro-negro. Além do argentino, o Mengão ainda contratou Rafael Vaz, ex-Vasco para reforçar a zaga da equipe.