Zagueiro Chicão anuncia aposentadoria e manifesta o desejo em trabalhar no Corinthians

Chicao
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Aos 35 anos, o zagueiro Chicão, ex-Corinthians, Flamengo e Figueirense, anunciou em entrevista ao blog do jornalista Jorge Nicola, do Yahoo Esporte, a sua aposentadoria dos gramados, após 16 anos como atleta profissional.

LEIA MAIS:
Corinthians x Cruzeiro muda de data; Timão estreia em novo horário
Vídeo: Preparador do Corinthians faz gols olímpicos e empolga os torcedores 

Chicão estava sem clube desde dezembro do ano passado, quando deixou o Delhi Dynamos, da Índia.

“Já faz sete meses que estou em casa. Parei para pensar e que precisaria de um tempo para arrumar clube, depois mais um tempo para recuperar a forma… aí, já teria terminado o ano. E não quero que falem que vou roubar time nenhum”, explicou sobre a decisão da aposentadoria.

“Esse período sem jogar foi importante para me preparar psicologicamente. Estou convencido de que chegou a hora. Estou com 35 anos de idade, sei que teria o risco de me lesionar se voltasse… Pensei muito antes de tomar a decisão”, completou.

Segundo maior zagueiro artilheiro da história do Corinthians, com 42 gols, o paulista de Mogi Guaçu revelou o sonho em voltar ao clube onde conquistou os maiores títulos da carreira como a Copa Libertadores (2012), o Mundial de Clubes (2012), o Brasileirão (2011). A ideia é trabalhar num cargo no futebol profissional ou nas categorias de base, antes de ter a experiência como treinador.

“Penso mais para frente (em ser técnico). O que sei é que não me vejo fora do futebol. Não conseguirei fazer outra coisa. E hoje, por tudo o que vivi no Corinthians e pelo carinho que recebo dos torcedores nas redes sociais, tenho vontade de trabalhar no clube. Poderia ser como coordenador técnico, auxiliar, seja no profissional ou na base”, contou.

Revelado pelo Mogi Mirim, Chicão teve passagens por Portuguesa Santista, América-SP e Figueirense. Chegou ao Corinthians no início de 2008 e ficou até agosto de 2013. Jogou um ano e meio no Flamengo e conquistou os títulos da Copa do Brasil (2013) e Campeonato Carioca (2014). Deixou o rubro-negro para ter passagem frustrada pelo Bahia. Entre agosto e dezembro de 2015, o beque atuou pelo Delhi Dynamos-IND, o último clube profissional da carreira.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)