Thierry Henry deixa o cargo de treinador do Arsenal sub-18

O ídolo dos Gunners, Thierry Henry, deixou nesta terça-feira (12), o cargo que ocupava de treinador do Sub-18 do Arsenal, logo após receber um ultimato de Arsène Wenger que disse, para seu compatriota, que não poderia combinar seu trabalho de comentarista com o seu papel de treinador da academia.

Atualmente com 38 anos, o ex-atacante e ídolo do Arsenal, desempenhava um papel de técnico do Sub-18 do clube, como parte de seu estágio, para tirar a licença junto ao curso da UEFA, para poder trabalhar como treinador licenciado.

Thierry Henry trabalhava na academia de futebol do Arsenal, quatro dias por semana e não recebia salários por isso. Porém, ele continuava como comentarista do canal Sky Sports, cargo que ele ocupava desde sua saída do New York Bulls no final de 2014. Na televisão “King” recebe algo em torno de 4 milhões de libras (cerca de R$ 17,1 milhões) por ano.

Perguntado sobre sua saída, Henry respondeu a imprensa: “Eu respeito a decisão de Arsène Wenger, e eu quero desejar a seu gerente Kwame Ampadu, os meninos, e a todos do clube, tudo de bom para a próxima temporada.”

Com sua saída, o ex-zagueiro e lenda do Arsenal, Tony Adams, atualmente com 49 anos, deverá assumir o papel de comandar os menores dos Gunners. Enquanto, que o ex-jogador Freddie Ljungberg, que passou quase dez anos defendendo o clube londrino, assumirá a equipe sub-16.

Credito da Foto: Divulgação/ Arsenal



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.