Thiago Mendes pode ser de novo a salvação para o São Paulo

Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Thiago Mendes volante revelado pelo Góias, é uma grande arma para o São Paulo conseguir a classificação no jogo de hoje na segunda semi final da Libertadores.

LEIA MAIS: TORCIDA DO SÃO PAULO SE IRRITA COM POSSÍVEL CHEGADA DE GILBERTO; VEJA

O volante tricolor tem um chute muito forte e certeiro de fora da área. Foi dele o gol de virada no Brasileiro do ano passado contra o Figueirense. Gol conquistado no último minuto da partida após um chute de fora da área e que ajudou o tricolor paulista a continuar sua caminhada para a vaga para a Libertadores de 2016.
Sem Ganso e Kelvin, o time paulista tem uma outra forma de conseguir avançar na competição. O chute de fora da área de Thiago Mendes. Ele vem ajudando a equipe tanto na parte defensiva quanto ofensiva do time.

Em entrevista dada ao Lance, Thiago fala sobre como o São Paulo deve ser comportar em campo no segundo jogo.
– Quando deito, penso também tudo o que passamos para chegar aqui. Agora é tudo ou nada. Só passamos se vencermos por dois gols e temos que lembrar dos erros e acertos do primeiro jogo para aprender. Temos que trabalhar para isso. Temos que fazer um gol logo no começo para ter mais calma. É ter atenção, porque errar vai custar a classificação.
– Não mudo como treino (por ser um goleiro de alto nível). Uma hora ela vai entrar, é só tentar finalizar de fora sempre. Ele não vai fechar o gol sempre. Ontem (segunda-feira) mesmo treinei bastante chute para conseguir surpreender. Se eu fizer o gol da classificação, a torcida e eu vamos ficar muitos felizes. Temos que agredir o time deles desde o início.

No começo do ano Thiago usou essa característica de chute para marcar o gol contra o Cerro Portenho no Paraguai. Gol esse que deu a vitória no amistoso internacional por 1 a 0 na estreia do técnico Edgardo Bauza no comando tricolor.
Na primeira partida desta semifinal o volante também tentou marcar de fora da área, mas o goleiro Armani conseguir fazer o desvio da bola.



Sou pai dos gêmeos Guilherme e Rafael e marido da Sabrina. Sou arquiteto e apaixonado por esportes, quase fui tenista profissional, além de tênis o futebol também é uma paixão.