Seleção Feminina têm primeiros cortes após conquistar o Grand Prix

Reprodução/CBV

Visando a preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a seleção feminina de vôlei realizou os primeiros cortes de jogadoras que foram campeãs no último domingo do Grand Prix. A ponteira Mari Paraíba e a levantadora Naiane, não irão se reapresentar ao técnico José Guimarães, na próxima quinta-feira e seguir a preparação para o Rio-2016.

LEIA MAIS

Destaque Brasil x Itália: saiba como assistir ao jogo ao vivo na TV
Seleção masculina realiza prévia olímpica nas finais da Liga Mundial

As duas jogadoras que atuaram no Minas na última temporada participaram pouco dos jogos da seleção feminina. Naiane ajudou a seleção sub-23 no torneio de Montreux e ficou de fora do início do Grand Prix. Já Mari Paraíba foi relacionada apenas na fase final do torneio em Bancoc, na Tailândia, devido a uma lesão a oposta Tandara.

Com as dispensas José Roberto Guimarães conta com as levantadoras Dani Lins, Roberta e Fabíola, as ponteiras Natália, Jaqueline, Fernanda Garay e Gabi, as meios Fabiana, Thaísa, Adenízia e Juciely, e as líberos Camila Brait e Léia. Vale lembrar que para as olimpíadas apenas 12 jogadoras podem ser relacionadas.

Após ganhar o título do Grand Prix, a equipe brasileira ganhou dois dias de folga e deve se apresentar já nesta quinta-feira, em Saquarema para a preparação final para os Jogos Olímpicos.

Reprodução/CBV