Conheça a história de Juan Román Riquelme, o maior carrasco dos brasileiros em Libertadores

Crédito da Foto : Getty Imagens
Crédito da Foto : Getty Imagens
Crédito da Foto : Reprodução/Facebook Oficial Riquelme
Crédito da Foto : Reprodução/Facebook Oficial Riquelme

Juan Román Riquelme , é um grande craque do futebol Sul Americano. Na primeira década do milênio, Riquelme brilhou seu futebol pelos gramados de toda América do Sul. Considerado um jogador dos mais brilhantes de sua geração, ele venceu 12 títulos em sua carreira, sendo 3 Libertadores da América, pelo Boca Juniors da Argentina.

Leia Mais : Saiba por onda anda Riquelme o maior carrasco brasileiro na libertadores http://torcedores.com/noticias/2016/04/saiba-por-onde-anda-juan-roman-riquelme-o-maior-carrasco-brasileiro-na-libertadores

Nas categorias de base, seu time inicial, não foi o Boca Juniors, foi o Argentino Juniors ,porém, na base se transferiu para o Boca. Estreou pelo boca em 1996 e em apenas 4 anos de equipe, conquistou sua primeira Libertadores da América em 2000, repetiu o feito em 2001, conquistando o Bicampeonato da América pelo clube.

Em 2002, Riquelme foi cobiçado por clubes da Europa. Foi transferido para o Barcelona da espanha, porém, juntamente com a equipe, não fez uma boa temporada. Em 2003, foi jogar no Villareal. Riquelme foi parte de uma das melhores equipes do Villareal de toda a história, equipe que também contava com outros grandes craques do futebol mundial, como Sorín, Diego Forlán e o brasileiro naturalizado espanhol Marcos Senna.

Na temporada 2004/2005, o Villareal atingiu a terceira posição do campeonato espanhol e conseguiu se classificar para a Uefa Champions League. O submarino Amarelo, como é chamada a equipe, atingiu a fase semi final da competição. Foi a primeira participação do jogador na história da competição. O time venceu o Manchester United de Sir Alex Ferguson e a Inter de Milão. No jogo em que a equipe perdeu para o Arsenal, Riquelme teve a infelicidade de errar um penalti.

Nessa mesma temporada em 2006, Riquelme disputaria a Copa do Mundo na Alemanha pela Seleção Argentina, o meia foi Camisa dez e era o maior craque da equipe. A Argentina, não teve boa atuação e a equipe foi eliminada nas quartas de finais em disputas por penaltis colocaram fim ao sonho de Román. Após a Copa do Mundo, Riquelme foi emprestado ao Boca Juniors , durante 6 meses para o Boca Juniors. Foi Tri Campeão da Libertadores, onde na Final enfrentou o Grêmio, num jogo inesquecível, que Riquelme, jogou o fino da bola.

Em 2012, ele teve a chance de conseguir seu tetra campeonato na Libertadores, porém ,o time perdeu para o Corinthians a final da competição, o que acabou se tornando, o primeiro título do Corinthians. Em 2014, Riquelme assinou contrato com Argentino Juniors, time que o revelou. Jogou por poucas partidas e pouco fez dentro de campo. Pela Seleção Argentina, Riquelme ganhou o título Olímpico em 2008.