Rival colorado domingo, Palmeiras não perdeu para o Inter de Falcão em 2011

Palmeiras
Foto: Site Internacional

Em sua última passagem como técnico do Inter, Paulo Roberto Falcão não teve muito tempo de trabalho. Somou apenas 19 jogos em 99 dias no comando do time. Acabou demitido após três derrotas seguidas no Brasileirão e deu lugar a Dorival Jr, que na sequência do campeonato conduziu o colorado ao G4. Cinco anos depois, Falcão está de volta ao Inter e no seu primeiro desafio enfrentará um time que não conseguiu vencer no Beira-Rio em 2011.

LEIA MAIS:

Confira as principais respostas de Falcão em sua apresentação no Inter

Título, Peñarol e queda: relembre a última passagem de Falcão pelo Inter

Ainda comandado por Luiz Felipe Scolari, o Felipão, o Palmeiras teve boa apresentação naquele dia 12 de junho de 2011, pela quarta rodada do Brasileirão. Já no segundo tempo, o Inter abriu o placar com um gol contra do volante Márcio Araújo. Mas o time paulista reagiu e chegou ao empate também com um gol contra, em uma infelicidade do zagueiro Rodrigo.

Com as ações em campo equilibradas, o Palmeiras virou o jogo em um ótimo lançamento de Marcos Assunção, que achou Luan livre pelo flanco esquerdo. Ele driblou o lateral Nei e bateu forte embaixo do goleiro Renan. Mas quando o jogo já se aproximava do fim, o centroavante Leandro Damião aproveitou um escanteio cobrado por D’Alessandro e garantiu o 2×2.

Separados por objetivos distintos, as duas equipes voltam a se encontrar neste domingo, no Beira-Rio, na reestreia de Paulo Roberto Falcão. O Palmeiras quer manter sua condição de líder do campeonato, enquanto o Inter precisa voltar a vencer depois de seis jogos em jejum.

Relembre as escalações de Inter 2×2 Palmeiras – em 2011.

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Rodrigo e Kléber; Guiñazu, Tinga (Fabrício), Oscar (Gilberto) e D´Alessandro; Zé Roberto e Leandro Damião.
Técnico: Falcão.

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva (Chico); Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Lincoln) e Luan; Adriano (Dinei) e Kleber.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Reveja os gols do jogo:



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.