Rio 2016: Lazio libera Felipe Anderson para disputar olimpíada

Rio 2016
Foto: Facebook Oficial do Felipe Anderson

Após uma conversa com a diretoria da Lazio-ITA, nesta quinta-feira (14), o meia Felipe Anderson foi liberado pelo clube para a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. O jogador chegou a retardar sua apresentação ao clube e foi punido. A diretoria ameaçava não liberar o jogador, mas uma reunião definiu a situação.

LEIA MAIS:

RIO 2016: FRANÇA ESPECULA ATENTADO TERRORISTA NOS JOGOS; SEGURANÇA É REFORÇADA

SAIBA QUANTO A RIO 2016 JÁ LUCROU SÓ COM VENDAS DE INGRESSOS

VEJA 10 ESPORTES QUE O BRASIL PODE CONSEGUIR MEDALHAS NO RIO 2016

Como muitos jogadores acabam ficando de fora do torneio quando seus clubes não concedem a liberação, já que não existe nenhuma regra da Fifa que exija isso, o meia havia assegurado que com ele a situação seria diferente, e que disputaria a olimpíada mesmo sem autorização do clube italiano. “É a única oportunidade que tenho de disputar os Jogos. E ainda mais que é no Brasil. Ainda vou conversar com a Lazio, mas não vou me reapresentar”.

O jogador, tinha autorização do clube de que poderia participar do torneio. No entanto, após a contratação do técnico Marcelo Bielsa pela equipe italiana, a situação se complicou. Bielsa queria contar com todo o elenco na pré-temporada. O argentino deixou a Lazio dois dias após assinar contrato e, mesmo assim, o clube não concedeu ao meia a autorização. Exigia que, antes, ele se apresentasse na Itália para fazer exames médicos de pré-temporada.

A CBF precisa enviar ainda hoje à Fifa a relação dos 18 convocados para os Jogos Olímpicos. O técnico Rogério Micale não contará com Douglas Costa, vetado por conta de uma lesão na coxa, e Fred, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânica, pode ficar de fora por causa da liberação. Outro problema de última hora é Marquinhos, do Paris Saint-Germain, que também ameaça não liberar zagueiro.

Rio 2016
Foto: Facebook Oficial do Felipe Anderson