Próximo rival do Grêmio é o time que mais sofreu gols em casa no Brasileirão

Grêmio
Foto: Divulgação/Sport Club do Recife

Se depender do retrospecto recente do seu adversário de domingo, o Grêmio pode trazer um grande resultado da Ilha do Retiro, na próxima rodada do Brasileirão. O Sport Recife, conhecido tradicionalmente como um forte mandante, não tem mantido esse padrão no campeonato desse ano e é a equipe que mais sofreu gols jogando em casa no nacional de 2016.

LEIA MAIS:

Confira as principais respostas de Falcão em sua apresentação no Inter

Presidente do Grêmio explica por que não demitiu Roger no 1° semestre

Até o momento, a equipe treinada por Oswaldo de Oliveira ainda não conseguiu deslanchar na competição. É a vice-lanterna, com 12 pontos, superando apenas o América-MG, que tem 8. Em seis jogos realizados como mandante, o Sport já levou 12 gols, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Mas a má fase do time do nordeste não anima os gremistas.

“O Sport mesmo não estando tão bem no campeonato, é muito forte na Ilha. Esperamos um jogo muito difícil, mas temos pretensões no campeonato, que é brigar ali em cima. Vamos para lá respeitando a equipe deles, tem o Diego Souza, jogadores que podem decidir. Mas sem pensamento diferente de que não seja conseguir a vitória”, disse o lateral Edílson, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Se mantiver a boa fase, que já reúne três vitórias seguidas (Santos, Inter e Figueirense), o Grêmio tem condições de atingir a liderança já na próxima rodada. Para isso, precisará vencer o Sport e torcer para que o Inter, tradicional rival, vença o Palmeiras no Beira-Rio na estreia de Paulo Roberto Falcão. Ao mesmo tempo, o Grêmio precisará de um tropeço do vice-líder Corinthians, que enfrenta em casa o São Paulo.

Veja o retrospecto do Sport como mandante no Brasileirão:

2ª Rodada – Sport 1×1 Botafogo

4ª Rodada – Sport 0x2 Corinthians

6ª Rodada – Sport 4×4 Atlético-MG

9ª Rodada – Sport 2×1 Fluminense

11ª Rodada – Sport 5×1 Chapecoense

13ª Rodada – Sport 1×3 Palmeiras



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.