Paulo Bento revela que esperava ‘vida mais fácil’ no Cruzeiro

Reprodução/Instagram

Com apenas quinze pontos conquistados em quinze rodadas, o Cruzeiro voltou para a zona de rebaixamento após a derrota por 2×0 para o Fluminense, no Rio de Janeiro, no último domingo (17).

LEIA MAIS: BRUNO RODRIGO MOSTRA DESÂNIMO APÓS DERROTA: “NÃO CONSEGUIMOS MUITA COISA NO JOGO”

APÓS POLÊMICA DECLARAÇÃO, RIASCOS SE EXPLICA EM SEU INSTAGRAM

O treinador português Paulo Bento falou sobre as dificuldades que tem enfrentado com a equipe cruzeirense e admitiu que não esperava passar por isso quando aceitou o convite de assumir a equipe brasileira.

“A situação do Cruzeiro não é boa e não é agradável. Dentro das dificuldades que esperávamos ter, não esperávamos tantas. A verdade é que estamos onde estamos pelos erros que temos cometido. Não fizemos aquilo que tínhamos planejado e sofremos dois gols de bola parada no primeiro tempo. Jogamos com muito pouca intensidade e agressividade, essencialmente em termos defensivos. No segundo tempo, entramos um pouco diferentes. Tivemos algumas situações para reduzir a desvantagem e não conseguimos. Depois, o jogo entrou em uma dinâmica em que não foi bem jogado. Acabamos por perder mais uma vez por aquilo que não fizemos, essencialmente nos primeiros 45 minutos.” Falou o técnico após a partida.

O treinador também recebeu críticas por apostar em jovens atletas no elenco e ponderou que está seguindo as regras do Cruzeiro em contar com atletas jovens ou da base. Que a manutenção desses jogadores na equipe não interferem nos maus resultados que vão além disso.

“O clube tem uma política e uma filosofia de apostar nos jogadores da base. Alguns deles uma aposta mais clara, durante esta temporada, casos de Bruno Viana, Bruno Ramires e outros jogadores. Alguns não estamos usando por lesão, casos de Mayke e Alisson. Depois tivemos uma convocação como a do Romero. Temos também o Arrascaeta, que é jovem. A maior parte dos jogadores é jovem. Temos uma média de idade baixa. Se pensarmos na questão da juventude, estamos enganados. O problema é mais abrangente. É muito mais coletivo do que apenas a idade dos jogadores” Concluiu o português.

O próximo desafio do Cruzeiro será pela Copa do Brasil contra o Vitória, no Mineirão, na próxima quarta-feira (20). No primeiro jogo, a equipe mineira venceu em Salvador por 2×1.