OPINIÃO: Pato pode ser aproveitado no Corinthians

Foto: Divulgação Corinthians

Muitas polêmicas fizeram parte da primeira passagem de Alexandre Pato pelo Corinthians e após alguns empréstimos, o atacante aprece que ficará no elenco corintiano.

Principalmente pelo pênalti perdido contra o Grêmio nas quartas-de-final da Copa do Brasil de 2013, a relação do jogador com a torcida e dirigentes alvinegros foi prejudicada e muitos corintianos nem cogitavam mais vê-lo com a camisa do Timão. Porém, como não conseguiu vender o atleta e restam apenas seis meses, Cristóvão Borges e sua comissão técnica optaram, de maneira correta, em aproveitar o jogador, pelo menos até agora com as informações passadas.

Pato tem um custo alto e não pode ficar parado. Ao mesmo tempo, tem qualidade técnica muito superior aos demais concorrentes de posição, até pela sua carreira da maneira como foi construída e pelos clubes por qual passou. A não ser por problemas musculares ou de lesões, não há motivo para não ser utilizado. Os erros do passado podem ser corrigidos hoje e amanhã com grandes atuações, como foi no São Paulo entre 2014 e 2015.

O jogador não foi imprestável em 2013 no Timão, fez alguns gols. Foi menos que se esperava, mas pode render mais hoje, mais maduro, sabendo que está em final de contrato. Para ele não é interessante ficar seis meses parado já que neste primeiro semestre não completou nem cinco jogos. Ele quer aparecer para o mundo o ver, ou quem sabe agradar clubes do Brasil.

Para o Corinthians, é a chance de enriquecer seu elenco com um jogador de ponta no futebol brasileiro. E mais: tem a chance de melhorar a situação de seu negócio com Pato, que se não foi como esperava, pode terminar com alguns gols do ex-Chelsea que poderiam garantir uma vaga na Libertadores, ou quem sabe o título. Com grandes atuações, pode voltar a ganhar a simpatia da torcida.

Com Romero e cia no ataque, o Corinthians não pode se dar o luxo de deixar Pato fora do grupo. É um diferencial e o orgulho e todas as questões polêmicas passadas devem ser deixadas de lado para o bem de todos, pelo menos nos próximos seis meses.



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Inter e esportes olímpicos. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com