OPINIÃO: Oito clubes que decepcionaram na primeira fase da Série D

Foto: Fernando Torres / CBF

A divisão do Brasileirão que mais clubes tem chegou ao final da primeira fase neste final de semana e já conhecemos os 32 clubes que continuam na luta por uma vaga na Série C.

Das 68 equipes que começaram a competição, alguns deles entraram como favoritos pelo menos para avançarem para a segunda fase, mas nem isso conseguiram.

No Norte,  Nacional de Manaus e o Rio Branco do Acre deixou a desejar na competição. Os amazonenses entraram como favoritos, junto com o Atlético Acreano para buscarem a primeira posição. Mas o que aconteceu foi que os acreanos dispararam na liderança, enquanto o Nacional ficou para trás e não conseguiu nem ficar com uma das 15 melhores segundas colocações. Já o Rio Branco decepcionou a sua torcida pela terceira vez na temporada. Após um péssimo primeiro semestre com a perda do estadual para o Atlético e a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil para o Galvez, o Estrelão terminou na lanterna do Grupo A3. O time sempre entrava forte na competição, sendo líder de sua chave na primeira fase ou terminando como um dos melhores segundos colocados, mas este ano foi o último colocado.

Na região Nordeste, o Central, não conseguiu a vaga na segunda fase. Desde o ano passado buscando vaga na fase final do Campeonato Pernambucano para assim conseguir chegar à Série D, o clube contou com o apoio de seu torcedor, mas se viu eliminado pelo saldo de gols, já que o Parnahyba teve quatro gols a mais de saldo e por isso passou.

 

A região do Sudeste também teve suas decepções. Vice-campeão paulista, o Audax foi eliminado ainda na primeira fase, sem nenhuma vitória e com apenas um gol marcado. A Desportiva, campeã capixaba, ficou pelo caminho também.

O centro-oeste teve um dos melhores públicos da competição e foi do Anápolis de Goiás. O clube teve três dos 10 maiores públicos da Série D até o momento, mas nem com o apoio da torcida conseguiu a classificação. O Comercial do Mato Grosso do Sul não conseguiu repetir as boas partidas do Estadual, do qual foi vice-campeão e foi eliminado ainda na primeira fase.

O Sul não teve muitas surpresas, mas o São José-RS poderia ter ido melhor na competição. Lanterna do grupo A14, os gaúchos entraram na competição almejando chegar pelo menos no mata-mata.

 



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Inter e esportes olímpicos. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com