No Twitter, Cris Cyborg pede a rivais do UFC para subirem de peso

Cris Cyborg
Crédito da foto: Divulgação/UFC

Cris Cyborg segue tentando buscar rivais para arranjar um jeito de incluir a categoria dos pesos-pena no rol de faixas de peso femininas no UFC. E, para isso, mais uma vez foi às redes sociais para chamar as principais lutadoras da categoria inferior, a dos galos, para o ‘desafio’.

LEIA MAIS

Campeão Olímpico em 2004 não concorda com reserva e não sabe se vai ao Rio 2016

Jon Jones foi pego com bloqueadores de estrogênio, segundo comissão atlética

A paranaense citou o fato de boa parte das lutadoras melhor ranqueadas do Ultimate não estarem em sequências vitoriosas para pedir que subam de categoria e criem condições para a categoria feminina dos penas possa ser implementada pela organização.

“Metade do top 10 dos pesos-galo do UFC vem de derrota. A desculpa de que não há talentos entre os penas não cola mais”, disse uma das mensagens.

Quantas lutadores do top 10 do UFC passaram a carreira inteira nos galos? Quantas delas já lutaram entre os moscas antes? E nos galos?”, afirmou outra mensagem de Cyborg.

A brasileira fez apenas uma luta no UFC, contra Leslie Smith no UFC 198, em peso-casado. Cris Cyborg vem tentando convencer outras lutadores como Ronda Rousey, Holly Holm e Miesha Tate a aceitar lutar em uma outra faixa de peso por não poder descer para a categoria dos galos.

(Crédito da foto: Reprodução / Site Oficial UFC Brasil)