Não sai! Daniel Nepomuceno recusa proposta da China por Lucas Pratto

Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, atendeu a imprensa no fim da tarde desta terça-feira, na Cidade do Galo, em Vespasiano, e dentre outros assuntos, Daniel falou a respeito da proposta que o atacante Lucas Pratto recebeu nos últimos dias da China.

LEIA MAIS:

COMPLICOU! EM COLETIVA, RODRIGO LASMAR FALA SOBRE AS LESÕES DE CAZARES E MARCOS ROCHA

EM CASO DE VENDA, VEJA QUANTO DINHEIRO O ATLÉTICO-MG PODERÁ PERDER POR LUCAS PRATTO

Segundo o mandatário atleticano, a proposta asiática foi recusada e está “longe daquilo que o clube merece”.

“Como elenco todo do Atlético, tem valores que são negociáveis. Proposta que chegou é muito longe do que ele pretende para sair e o clube merece. Estávamos no jogo conversando, chegou por e-mail, muito fora do que o Atlético entende. Não tem mais nada. Absolutamente, mais nada”, afirmou.

No início da temporada, mais precisamente em fevereiro, o Hebei Fortune fez uma investida e ofereceu 16 milhões de euros, aproximadamente R$ 70 milhões. Na ocasião, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, alegou que com a Libertadores da América batendo na porta e o tempo curto para contratar um substituto, preferiu recusar a oferta e o atleta permaneceu. Na ocasião, a saída encontrada para aliviar o caixa atleticano, foi a venda de zagueiro Jémerson.

Agora, novamente a China tenta levar o atacante. Desta vez, o Chongqing Lifan, atual 12º colocado do Campeonato Chinês, entregou uma proposta digamos mais “modesta” comparada a anterior. São 7,5 milhões de euros pelo centroavante (R$ 27 milhões). A cúpula mineira pede algo em torno de 10 e 12 milhões de euros (entre R$ 37 milhões e R$ 43 milhões).

Apesar da recusa, Nepomuceno, reconhece que é possível que novas propostas possam ser enviadas antes o final da janela de transferências;

“A qualquer momento, pode chegar (nova proposta). Hoje, a proposta que chegou não é interesse dele ou do Atlético”, disse.