Michel Bastos detona arbitragem do jogo Atlético Nacional 2×1 São Paulo: “Foi péssima”

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Após a derrota por 2 a 1, que resultou na eliminação do São Paulo nas semifinais da Libertadores, Michel Bastos deixou o gramado transtornado com a arbitragem da partida. Além da reclamação do pênalti não marcado em Hudson no primeiro tempo, o meia destaca que nem o juiz sabe o que ele fez na partida que culminou a queda do time brasileiro.

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA: EMPRÉSARIO DE MARLONE REVELA POR QUE O JOGADOR DESISTIU DO SPORT
SEM GANSO E KELVIN, TRICOLOR RELACIONA 22 JOGADORES PARA ENFRENTAR O ATLÉTICO NACIONAL
VÍDEO: MARINHO “TROLLA” REPÓRTER AO SER PERGUNTADO O QUE FALTOU PARA O VITÓRIA BALANÇAR AS REDES

Sem papas na língua, Michel Bastos soltou o verbo contra o árbitro e não entendeu porque ele lhe mostrou um cartão vermelho após a penalidade convertida pelos colombianos — após muita confusão, o juiz descobriu que ele havia expulsado o meia Wesley, não Michel.

— Eu não entendi (o cartão). Nem ele sabe o que ele fez, só fui, como todos os jogadores, perguntar qual era o critério para não ter dado o pênalti para nós. Além de pênalti, era expulsão. Acho que foi o bandeirinha que falou que o Wesley falou alguma coisa, mas ele não fez nada. Hoje a arbitragem foi péssima.

Com a derrota, o São Paulo deixa a Taça Libertadores na fase de semifinais e volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O time de Bauza volta a campo no próximo domingo (17) contra o Corinthians, às 16h, na Arena Corinthians.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.