Lucas Lima reafirma desejo de jogar na Europa e dá recado a diretoria do Peixe

Desde a abertura da janela de transferências no último dia 20 de junho, o nome de Lucas Lima é um dos mais cogitados a deixar o Brasil para atuar no futebol europeu. Após o empate em 1 a 1 contra o Palmeiras, o camisa 20 do Peixe deixou claro que o clube pode receber uma proposta oficial nos próximos dias. É o que afirma a Gazeta Esportiva.

LEIA MAIS
RENATA FAN COMEMORA DEMISSÃO DE ARGEL DO INTERNACIONAL: “TCHAU, QUERIDO”
VÍDEO: MARINHO “TROLLA” REPÓRTER AO SER PERGUNTADO O QUE FALTOU PARA O VITÓRIA BALANÇAR AS REDES
SELEÇÃO OLÍMPICA: TITE DÁ INVERTIDA EM REPÓRTER QUE INSINUOU QUE ELE TENHA CONVOCADO PRASS

Sem papas na língua, o jogador afirma que seu grande sonho é atuar no futebol europeu. “No futebol nunca podemos dizer não. Meu desejo é jogar num clube grande da Europa. Mas, se for para ficar, sem problema, porque sou muito feliz aqui. Vamos ver se vai chegar alguma coisa para o Santos essa semana”, contou Lucas.

Com contrato até 2017, o Santos deseja manter o jogador para os próximos anos, mas se encontrar numa situação delicada: o clube terá de pagar R$ 8 milhões a Doyen Sports caso o atleta não seja vendido até o final do ano.

Os direitos econômicos de Lucas Lima — igualmente ao caso de Gabigol — estão divididos em três partes: o Santos tem 10%, a empresa Khoddor Soccer mais 10% e a Doyen tem os outros 80%.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.